quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Antes e Depois dos Miúdos (#02)

ANTES
Chegamos a casa depois de um dia extenuante de trabalho. 
Pousamos a mala, as chaves e o guarda-chuva e descalçamo-nos para não sujar a casa.
Deitamo-nos um bocado no sofá.

Meio sonolentas, fazemos um prato XPTO para impressionar a cara metade ou encomendamos sushi. Pomos a mesa, a média luz, com uma música clássica para criar ambiente e manter a ilusão de que somos pessoas interessantes, e decoramos a mesa com umas flores frescas.

Tomamos um banho relaxante e perfumamo-nos. Ele chega, jantamos, vemos um filme ou uma série, temos uma sessão de sexo escaldante (ou 5 minutos, mas na loucura!) e ainda temos tempo para continuar o livro que está na cabeceira.
São 01h da manhã e vamos dormir.

DEPOIS
Chegamos a casa depois de um dia extenuante de trabalho, de sair a correr para ir buscar o bebé e de apanhar trânsito (mais meia hora na creche, coitadinho), e fazemos um plano mental da próxima hora. 
Pousamos cuidadosamente a mala, as chaves, o guarda-chuva, o ovo (com ele a dormir), a mochila dele, e descalçamo-nos para não fazer barulho. 
Sonhamos em deitarmo-no no sofá, mas enquanto ele dorme mais uns minutos, vamos pondo a sopa a descongelar, estendemos a roupa que ficou na máquina e vamos pensando no jantar.

Completamente derreadas, pomos a mesa, o bebé acorda, damos-lhe a sopa e a fruta com ele a chorar ou a esfregar os olhos e pomos o Big Bugs Band ou a Galinha Pintadinha no tablet para o distrair. Depois, damos-lhe banhinho, ele chora a vestir o pijama, contamos-lhe uma história, damos-lhe mama, mimo e cama. Pensamos "ele vai dormir já" de tão cansado que está. Pois, mas ele põe-se de gatas agarrado à cama, ele fala, ele grita e ele chora. Ele quer tudo menos dormir.

Comemos só lá para as 23horas os restos do jantar do bebé ou uma coisa qualquer feita à pressão, lavamos os dentes porque tem de ser, mas já nem temos coragem de tirar a maquilhagem de palhaça que fizemos a correr de manhã (mas isso ninguém precisa de saber). Começamos a ver um episódio de uma série qualquer e, nem 10 minutos depois, adormecemos. Tentamos dar um beijo de boa noite à cara metade mas já nem a encontramos bem no escuro. Quando já estamos a entrar naquele sono bom e profundo, o bebé chora. Isto repete-se duas ou três vezes, nas noites boas. E é Natal quando o bebé não se mija todo.


10 comentários:

  1. Ahaha! Como eu adoro estes "antes" e "depois"... revejo-me em tudo! :)
    Bjinho*

    ResponderEliminar
  2. Foi preciso ele ficar doente, pra poder me esticar no sofá um bocadinho!!!
    Depois, é chegar a casa e nonstop!!

    ResponderEliminar
  3. Joana, eu, que não sou mãe, quero muito saber: se isso é assim - e parece medonho - porque é que toda a gente repete e adora? Quero saber :) bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pq eles olham para nós, sorriem e passa tudo... não há melhor coisa no mundo que eles...

      Eliminar
    2. Pq eles olham para nós, sorriem e passa tudo... não há melhor coisa no mundo que eles...

      Eliminar
  4. Porque é mesmo assim, medonho! Mas depois também há os outros momentos que nos fazem esquecer estes. Assim como se nunca tivessem existido.

    ResponderEliminar
  5. É incrível em como é verdade mas isso não muda o quanto Feliz é o depois em comparação com o antes!

    ResponderEliminar
  6. Depois eles riem e dizem "mamã" ou "papá" e fica tudo bem :))))))

    ResponderEliminar