segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

As Joanas e as "i" - as coincidências.

Vamos a isso, vamos por tudo em pratos limpos (ou então "mais ou menos limpos", como saem os meus quando os tiro da máquina). 

A Joana e eu somos muito parecidas em muitas coisas, mas mais diferentes quase que não poderíamos ser. Lá está, é como o nosso slogan "mais diferente, só se uma de nós fosse um pinguim"

Já nos conhecemos desde que estávamos grávidas (aquela história que já vos contamos de nos termos conhecido num grupo de mães online - sim, nós temos noção do quando crominho isto possa parecer) mas, pessoalmente, só no dia 16 de Abril. Quando a Isabel fez um mês, a Irene foi convidada para a sua festa de mesário ou lá o que é. 

Sim, a Joana é muito romântica, todos os meses celebra os meses da Isabel e até lhe dá um livro. Eu também celebro os meses, mas é para dentro. ;)


Tínhamos sido mães há apenas um mês e, aqui na foto, temos as bebés trocadas. A Irene parece um pedaço de solha, coitadinha. 

Joana,  eu sei que não é justo publicar uma foto em que eu estou tão pintada que pareço uma rameirinha suada e tu estás au naturel, mas não temos mais. 

Mães que ainda vão ser, já viram? Um mês depois e já andávamos as duas na boa, vestíamo-nos e isso? Não tenham medo que "tudo se resolve"

O nosso sonho, desde o início, era que as nossas bebés fossem as melhores amigas (não desfazendo as primas da Isabel, claro). E, se a Isabel não encontrar nenhuma sonsa na creche que substitua a Irene, é assim que vai ser. Nem que eu as obrigue. Vão ter tantas dormidas em casa uma da outra que até deverão partilhar o primeiro beijo na boca por não "conhecerem mais ninguém". 

Vamos às coincidências: 

  • somos as duas Joanas;
  • temos as duas 28 anos;
  • fazemos a digestão da mesma maneira; 
  • temos filhas cujos nomes começam por I (Isabel e Irene);
  • não engravidamos sozinhas; 
  • ambas nasceram em Março deste ano (5 dias de diferença, apenas);
  •  trabalhamos no "meio" (da comunicação social) e
  • temos as duas carta.

Engraçado, não é?

Ah! Lembrei-me agora que afinal foi um amigo em comum que disse para eu adicionar a Joana ao tal grupo de mães online, as coisas não foram assim tão crominhas. 


A Isabel e a Irene num dos seus namoros. 

E, há precisamente um mês e um dia, quando a Irene fez 8 meses :) 



Pronto. Acho que agora já sabem qual é qual e que filha é de quem, senão, eu ajudo (da esquerda para a direita): Joana Paixão Brás e Isabel e Irene e Joana Gama. 

Só para que comecem a perceber as diferenças (será assunto de um próximo post): as fotografias todas catitas e cheias de qualidade são da Joana, esta assim mais rascota e dentro de um restaurante, é minha...



1 comentário:

  1. So para dizer que as vossas meninas sao um mimo �� ja nao me lembrava delas assim tao pequeninas eheh

    ResponderEliminar