quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

É a cara chapada do pai!


Se há coisa que ouvimos durante a maternidade é esta frase, confessem!

A bebé acaba de se esmifrar para passar pelo pipi, parece um repolho, e já é "igualzinha ao pai dela".

Fazemos uma ecografia morfológica e é incrível: pai, pai, pai. "Mas o nariz é da mãe", dizem para nos animar. Obrigadinha!

A criança faz 1 mês e está "cada vez mais pai".

A criança faz 6 meses e "não há hipótese, é toda pai!".

A criança começa a andar "Oh pá! Até a andar, não engana!".

A filha já tem maminhas mas "sai ao pai". Pobrezinha.

No meu caso, olho para a Isabel e não consigo. Juro que não é para não dar a mão à palmatória, não vejo essas parecenças óbvias. Aliás, até há quem diga que está cada vez mais parecida comigo. No dia a seguir: "é toda David". Ora, decidam-se lá, fáxavor!

O pai da criança no início ainda se dava ao trabalho de anuir: "pois, é parecida comigo, coitadinha" e ria-se. Ali nos primeiros meses até eu já era obrigada a concordar, tal era a lavagem cerebral: "sim, realmente, o queixo (ou a ausência dele), a boca". Mas isso faz uma pessoa e outra iguaizinhas? E os olhos? As pestanas? O nariz (abatatado, como o da mãe) não contam?

Pronto, já perceberam que me roo todinha (e que tenho uma inveja do piorio), não já? Eheh

Pelo que li algures, é um mecanismo de defesa da espécie o pai reconhecer a criança como filho nas semelhanças. E mais não pesquisei, não faço ideia dos estudos que foram feitos nem de como se chegou a essa conclusão.

Mas agora ponho à vossa consideração: pai OU mãe?

Nota: a escolha das fotografias obedeceu aos mais rigorosos critérios e foi supervisionada pela Santa Casa. Nem eu seria capaz de pôr fotos nossas em criança para manipular os resultados.

Também acontece o mesmo convosco ou os vossos filhos são "todos mãe"?

10 comentários:

  1. Bolas!
    Desculpa lá, mas eu acho-a mãe!
    Muito mais mãe!

    ResponderEliminar
  2. Toda pai não diria, mas olha que dá tantos ares! Do nariz para baixo eu diria de certeza pai! E eu conheço o espécimen adulto e vi essa semelhança, o que me confere algum crédito. Mas pronto, é um terço pai. Assim já pode ser?

    ResponderEliminar
  3. A mim, também me irrita quando fazem essas comparações.
    Na família do meu marido, dizem que o Renato é parecido com ele. Na minha, dizem que é parecido comigo.
    Ora eu prefiro pensar que o Renato é parecido com ele mesmo e pronto! Nem entre os meus filhos gosto de fazer essas comprações :)

    ResponderEliminar
  4. O meu, como sabes, é mesmo todo pai, não há duvida alguma! Digam à vontade porque é mesmo.... Mas a princesa sai à mãe, com o cabelo do pai, mas puxa ao lado da familia Ferreira. :) No entanto começam-se a encontrar grandes parecenças com o irmão, pelo que... já nem sei o que diga. Quanto à Isabel eu diria que... boca -pai, nariz-mãe, mas os olhos não sei bem de quem são... um bocadinho dos dois, talvez, e assim ficam todos contentes!

    ResponderEliminar
  5. A minha amiga diz que os bebés quando nascem (assim nos primeiros segundos) têm todos cara de joelho esfolado. Por acaso acho que é verdade, mas cara de repolho também está bem apanhada.
    Eu achei que a minha filha vinha com cara de joelho esfolado, claro que depois quando veio para o pé de mim (ao fim de umas horas) já era uma fofinha!!!
    mamy S.
    (sou Susana, mas quero ser beta)

    ResponderEliminar
  6. É a primeira vez que vejo fotos dos pais em pequeninos e realmente assim é mais mãe :) Mas devo dizer que nas fotos atuais (pais adultos e Isabel piquena), a moçoila dá ares ao progenitor masculino - e olha que eu não o conheço pessoalmente :)

    ResponderEliminar
  7. Confere!cá em casa a menina de 7 meses é a "cara chapada"do pai. A minha mãe é que anda toda lixada porque 'a menina não saí ao nosso lado'. Eu e o pai não a achamos parecida com nenhum dos dois.

    ResponderEliminar
  8. Eu devo confessar que tenho serias dificuldades em ver semelhancas, a nao ser que sejam 100% obvias. Aqui por exemplo, acho que e Mae! Completamente! Ainda me pareceu uma bela mistura, mas olhando mais atentadamente, tem muito pouco pai! (Desculpa papa).
    Mas o teu sentimento: "completamente pai" deve ser o drama de todas as Maes! Aqui e o mesmo, o Manuel e completamente pai, mas a cor dos olhos e mae (e ja agora o formato dos olhos).
    Agora, personalidade?! Temperamento?! Ai ja todos dizem que e Mae... Eh... O Pai deve ter sido um anjinho mesmo ;-)

    ResponderEliminar
  9. Boca do pai, e pra cima é toda mãe!!! ��

    ResponderEliminar
  10. A mim parece-me pai de facto! No meu caso é sempre pai pai pai! O meu filho não engana mesmo! Mas uma vez apanhei uma expressão em foto fiz uma montagem com fotos minhas em bebé e estava tal e qual eu! Quando quero rebater as opiniões de que é pai mostro essa montagem e as pessoas ficam logo na dúvida! Ahaha

    ResponderEliminar