sábado, 20 de dezembro de 2014

Tive pena da minha filha.

Não sei quanto a vocês, mas a palavra de ordem para as sopas da Irene é: variedade. Isso faz com que compre exemplares de praticamente todos os vegetais que há no coiso-online e, depois, faça tipo totoloto: tudo lá para dentro à molhada. Faço uma orgia de vegetais em que eles não têm vontade própria e, por isso, suam que nem porcos na primeira fase da cozedura e depois roçam-se uns nos outros que nem uma noite de Kizomba, algures.

Não interessa se a cenoura se arma em esquisita, se a alface tem herpes e, por isso, não quer enrolar-se com a courgette. Não interessa se a beterraba é ex-namorada do nabo que agora está a lambuzar-se todo com a batata-doce. Enrolam-se todos uns com os outros que nem uma turma de 12º ano numa viagem de finalistas e, às vezes, o resultado é mau. É péssimo.

Foi o caso de no outro dia quando decidi juntar batata-doce e milho e o caso de hoje em que pus alho francês, batata-doce, feijão verde e BETERRABA.

Além de não me lembrar de alguma vez ter comido BETERRABA na minha vida (até perguntei ao meu marido se não era aquilo que os restaurantes mais portugueses usavam para fazer flores nas saladas mas, afinal, parece que isso é rabanete), também não sabia que ia ficar com as mãos mais rosa que as paredes do quarto do Carlos Costa. 

Quando a sopa ficou pronta, fiquei com pena da Irene. Nem me dei ao trabalho de provar para depois não lhe estar a dar a comida à boca enquanto me bolço toda na minha. O meu marido come tudo o que lhe aparece à frente (só de comida, mantenham-se calmas eheh) e nem esta sopa quis provar. 

Lá ponho aquilo numa taça e dei à gorda. A gorda comeu. A gorda adorou. A gorda chorava entre colheres para lhe voltar a estocar a boca com aquela mistela (ai que quase ia escrevendo o nome de uma marca e hoje não me apetece). 

Também vos acontece darem coisas que não comeriam aos vossos filhos?



"Papa, papa... "

Blergh...


Será que o próximo cocó dela vai sair tipo uma tijela de Skip Baby (por causa da cor)?

3 comentários:

  1. Se a Irene gostou, na volta é de registar a receita.
    Já estou a imaginar, todos os legumes que tiver no frigorífico, aos cubos no copo, 25 min/100°/vel 1, Triturar 10seg/vel 5.

    ResponderEliminar
  2. eheheheh eu tambem muitas das minhas mistelas nao me apetece nada provar aquilo mas enfim pela criança la provo ;)

    ResponderEliminar
  3. Boa noite Joana, diga me se faz favor qual é a marca da colher da Isabelinha. Procuro uma do genero, tenho a da chicco mas é muito plana. Cumprimentos

    ResponderEliminar