quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Já somos famosas (#04)

Joana Paixão Brás (JPG) - Controla-te um bocadinho, Joana. Pareces uma pita aos saltos. 

Joana Gama (JG) - E sou, mulher! Acho cá uma graça a isto!!!

JPB - A isto de irmos ser entrevistadas para uma revista?

JG - A isso e à palavra marisco. Já viste que não tem nada que ver com aquilo que é? Marisco. Ainda por cima dava um bom nome para um dentista: Dr. Marisco Pires. Não achas? 

JPB - És tão cansativa. Começo a achar que não tiraste uma licença sem vencimento mas sim que o teu local de trabalho quis uma pausa de um ano... 

JG - Vamos ser entrevistadas, pá!! Não é o Alta Definição (a JPB trabalha "lá"), eu sei, mas já é grande cena!

JPB - Grande cena é o meu buço que tenho de ir fazer rapidamente por causa desta brincadeira.

JG - Eu não vou fazer o meu. Por um dia fora de casa? Peço para me tirarem fotografias à sombra. Tu sempre ao sol e eu à sombra. Aquilo dói, pá! Fazer o buço é como dar chapadas a mim própria nas mamas. Dói. 

JPB - E esse cabelo?

JG - Eu sei que parece só um, mas podias fazer o esforço de falar no plural sobre ele. 

JPB - Tu é que devias fazer um esforço para que parecesse o cabelo de uma pessoa normal.

JG - Olha, estou a fazer agora. Gostas? Está melhor?

JPB - Estúpida. Bem, viemos partilhar convosco a boa notícia: vamos ser entrevistadas para uma revista de tiragem nacional e com direito a fotos!

JG - E fotos nossas! Não vão tirar fotos a cedros e pôr a nossa entrevista ao lado, não é bom?

JPB - "Por" já não tem acento.

JG - Não me enerves, menina dos 19 na faculdade e que ficava triste por não ter 20.

JPB - Não tens sopa para ir fazer?

JG - 'Tá, 'miga.

JPB - Recebemos o mail a perguntar se queríamos ser entrevistadas para a tal revista (depois contamos tudo heheh), a JG ligou-me e depois foi isto no WhatsApp:









JPB - No "Viking do Cais do Sodré"... O que eu tenho que aturar!

JG - Óptimo sítio para fotos amorosas, nem sei como ainda não organizaram para lá um "Mercado da Carlota". Perfeito. 

JPB - Joana!!! Não cries inimizades aqui também. Argh. Sou mãe de uma Isabel de 11 meses e de uma Joana de 28...  Estamos a brincar mãe da Carlota, não ligue, não ligue. 

2 comentários:

  1. Estou tão feliz por vocês! :) Merecem estas coisas, pá! Falam dos assuntos da maternidade e de como continuamos a ser mulheres depois dela, sem qualquer tipo de presunção ou futilidade. Para além disso, abordam tudo num tom que vos diferencia dos demais espaços que inundam a 'blogomaternidade'. Por isso, PARABÉNS 'Joanas'!
    * Sou até capaz de perder a cabeça e comprar a dita revista (coisa que nunca faço, admito! :D )

    Beijinhos*

    ResponderEliminar