domingo, 1 de fevereiro de 2015

PPP - Preparação para o Pai

Olá, Pai.

Quero só dizer-te umas coisas, pode ser?

1 - Dá muitos beijinhos à mãe porque ela anda com mil e tal coisas na cabeça por minha causa. Além de andar super inchada e com os pés todos gordos, não consegue dormir bem durante a noite (por culpa de alguém que não vou mencionar hehe) e por ter sempre muito xixi. 

2 - A mãe sempre gostou de ouvir que é bonita mas, se puderes, diz-lhe mais umas vezes. Mesmo que ela pareça um McBacon, se ela se sentir bem com ela própria, vai ser ainda mais queridinha contigo. E vais ver que, como que por magia, vai ter menos desconforto, mesmo que já esteja grávida de 15 meses e meio. 



3 - Pai, mesmo que não entendas que a mãe quer comprar uma lima, um corta-unhas e uma tesoura, já que todos servem para o mesmo, deixa-a estar. Ela precisa de tudo o que vai comprar, nem que seja para não ficar nervosa a pensar no que lhe falta. 

4 - Eu percebo, pai. Eu não vou sequer reparar que estou num quarto nos primeiros meses de vida, para quê a pressa? A mãe quer que eu tenha o quarto mais bonito do mundo. E, se pensares bem, mesmo que dê muito trabalho andar a pintar paredes e a colar autocolantes, não é uma vontade muito querida da parte da mamã?




5 - Se é estúpido falares para uma barriga insuflada? É, mas isso descansa a mãe e também faz com que me habitue à tua voz. Descansa a mãe porque te vê a seres (já antes de eu nascer) o pai mais querido e dedicado do mundo (mesmo que seja parvo o que ela te pede) e é bom habituar-me à tua voz, para ser mais fácil acalmar-me contigo quando estiver cá fora. 

6 - A mãe às vezes é parvinha. Não lhe digas que te disse isto, mas é verdade. Ela às vezes faz birras por coisas estúpidas e muito mais agora que anda cansada e enervada. Não é que tenhas de deixar que ela ganhe, mas pensa que as coisas não estão propriamente a ficar mais fáceis para ela e que tu e eu beneficiamos dessa vitória de a deixares ficar com a bicicleta. 




7 - Sei que andas muito preocupado que me venha a faltar alguma coisa. Não te preocupes muito, vamos sempre safarmo-nos. Há várias maneiras de fazer cada coisa e temos só de fazer algumas escolhas. Aquilo de que realmente precisamos já temos: amor. Parece conversa parva, mas é verdade, pai. Se houver e se se puder, porreiro, senão acredita que vamos ser a melhor família do mundo e vou fazer-te super orgulhoso.

8 - Aproveita agora para namorar. Não que a mãe vá desaparecer, mas sou eu quem vai mandar durante uns tempos lá em casa. Apesar de ires ter saudades dela, preferes que seja assim, não é? Depois devolvo-ta e ainda mais bonita porque, além da tua namorada, é também a mãe do teu filhote. 



9 - Quando eu nascer, não tenhas medo de me tocar. Preciso muito, muito de ti. Quero cheirar-te, sentir o teu calor, tudo. Lá por não ter morado em ti durante meses, vou morar contigo durante anos e amar-te durante toda a minha vida. Mexe em mim, estás naturalmente equipado também para me manusear. Eu sou o teu bebé.

10 - Não te esqueças: posso ainda não estar cá fora, mas já és o meu pai. Estes 9 meses são também para aprenderes a ser arrebatado por tantos sentimentos, para depois não explodires quando me vires pela primeira vez. 

14 comentários:

  1. É difícil não ficar emocionada com este texto... :)

    ResponderEliminar
  2. Joana, só tenho 20 anos e ainda quero fazer muita coisa antes de ser mamã mas vou guardar este texto nos favoritos porque é exatamente isto que quero dizer ao futuro pai quando estiver grávida.
    <3

    ResponderEliminar
  3. Adorei! E o pai do Tiago também, porque ele já é o melhor pai do mundo para o nosso filhote :)

    ResponderEliminar
  4. Em suma, tá aqui tudo :D Já partilhei com mê marido, que é SUPER, mas pronto nós grávidas precisamos sempre de mais qqu coisa. Obrigado Joana! Bjs

    ResponderEliminar
  5. Que fofo! Mas isto para uma grávida é complicado... Estou no trabalho e deixaste-me a chorar como uma Madalena arrependida. Logo vou mostrar ao Sr. Pai da Criança, o que vale é que o humor daqui a umas horas pode ser bem diferente do de agora. De qualquer forma é bom que ele o leia com MUITA ATENÇÃO. Este texto é uma doçura! Bjs querida

    ResponderEliminar
  6. E pronto, ja estou a chorar. A fazer 38 semanas sou PRÓ nisto. Ah e a comentar as cinco e tal da manha porque ja fiz tantos xixis que nao consigo voltar a pegar no sono...

    ResponderEliminar
  7. Foi dos textos mais bonitos que li nos últimos tempos, diz tanto sobre nós, sobre o que sentimos, os medos e as nossas tontices :) Obrigada por me mostrares que não sou a única. <3

    ResponderEliminar