terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Uma hora pequenina!!!

O caraças!

Quem inventou esta frase ou teve uma experiência como esta (aviso já que este vídeo não é para meninos porque mete um parto num carro! WOW!) ou então tinha os relógios todos avariados.

Não desejem mais isto, pá! Acho que de tanta gente a desejar-me uma hora pequenina, aconteceu um sumatório dessas horas pequeninas todas. Das 13h e tal às 02h48: buaaaaaaaa! Mas lá por terem sido umas quantas horas não me pareceram assim tão extensas. Foi "uma hora grandinha" mas boa e apenas 10 minutos na sala de partos até se dar a desova. 

Portanto, o tamanho não interessa. Das horas, estou a falar das horas, por quem me tomam?


As vossas foram pequeninas? As horas, estou a falar das horas!


14 comentários:

  1. No meu caso foi mesmo uma hora pequenina... Dei entrada na Cuf Descobertas às 11h e às 15h32 o meu bebé estava no meu colo. Foi entrar na sala de partos e pumba! O meu marido nem viu o filho a sair... =P Vanessa

    ResponderEliminar
  2. Entrei na sala de partos as 9h e a miúda nasceu às 14:34h, sem epidural! De pequenina não teve nada!!

    ResponderEliminar
  3. o da C. (1a) foi em todas as etapas demorado, a C. mal encaixada, e só nao foi tb p ultimo porque a realização familiar obriga a superar todas estas marcas menos boas (febre à epidural portanto acabou ali a meio da segunda dose ). Do ZM (2o) tb levou porque nasceu grandão e sou muito estreita e ainda tivemos o extra da placenta não 'nascer' e precisar ser extraída. O S. (3o) nasceu distocico, fui promovida a contorcionista para conseguirmos, e o F. (4) um prematuro q por ter dado a volta numa etapa em q já nao se contava com ela (e como tal ia ganhar uma cesariana), desencadeou o trabalho de parto no mesmo dia. A bacia da mãe nada a contar c isto e foi pelo menos uma meia hora de expulsivo (e nada de epidural porque a dilatação ate foi rápida, cheguei a maternidade ja com 3 para 4 dedos). Estar a fazer este balanco nesta altura nao é boa ideia :)

    ResponderEliminar
  4. Dei entrada às 15h00 e o gaiato nasceu às 9h42 do dia seguinte... Mas com epidural!!! Daí terem feito cesariana (ainda reportando ao post das cesarianas) porque a Je não dilatava... :)

    ResponderEliminar
  5. Bem eu entrei às 8:00h de Domingo e a piolha nasceu às 10:05 de Segunda feira... Abençoada epidural...

    ResponderEliminar
  6. Bem para mim posso dizer q foram em ambas horas pequeninas! Da 1. Entrei às 22h48 na maternidade e nasceu as 2h34. Da segunda entrei às 18h47 e nasceu as 22h56! Em ambas ainda deu o tempo de triagem, avaliação, analises, epidural e dp foi fazer força 1 vez! Digamos q sou uma sortida!

    ResponderEliminar
  7. Eu tive duas experiências completamente diferentes. Da primeira vez estive 14 horas em trabalho de parto mas com epidural. No sábado tive a minha segunda experiencia entrei no hospital às 3:00 e tive a minha bebé 35 minutos depois. Nem houve tempo para epidural!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adjudicado! Está decidido!! Para mim é a 2a hipótese. É que dá primeira vez foi das 20 horas de um dia para as 21h52m do seguinte. Espero que o meu ratinho que está na barriga também leia o blog (pelo menos aos saltinhos está; deve querer conversa :) )

      Eliminar
  8. Qual hora pequenina, qual quê... Dei entrada na MAC dia 01/03 por volta das 14h30 e a minha filha nasceu no dia 02/03 às 13h35... Bendita epidural :)

    ResponderEliminar
  9. Ouço a expressão a toda a hora -_- Vamos lá ver como será o parto. Nem gosto de pensar muito nisso, desde que corra tudo bem, rápido ou mais longo, nem interessa :P

    ResponderEliminar
  10. Eu entrei no hospital às 21.12h (hora da pulseira do check-in) e o Xavier nasceu às 22.50h. Primeiro filho sem epidural. Yayks!

    ResponderEliminar
  11. Nada de hora pequenina por aqui... :s dei entrada no Hospital Pedro Hispano às 6h do dia 17/10 e a minha filha nasceu 24h depois, às 6h do dia 18/10!
    Bendita epidural, somente às 21.30h :s

    ResponderEliminar
  12. No meu caso também foi mais "um dia comprido" do que "uma hora pequenina"... Fiquei internada por volta das 13h de dia 18 e o D só nasceu às 14h55 de dia 19 de maio. Confesso que, como me deve ter acontecido tudo o que vem nos livros e nos casos de estudo - do lado mau da coisa - não me parece que a prole vá aumentar :) beijos nas Joanas!

    ResponderEliminar