segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Fui apanhada



Passei pelas brasas. Assim, dentro de água, a agarrar a borda da piscina. Acho que ser mãe me treinou para adormecer em qualquer lugar, em qualquer circunstância e para readormecer com muita facilidade (depois do treino da amamentação e de chegar a ir ao quarto dela 8 vezes por noite). Não há tempo a perder.

O marido achou giro tirar-me esta foto sem eu dar conta. E depois? Depois senti uma coisa a cair ao meu lado, a molhar-me toda. O meu coração disparou como nunca. Pensei que era a Isabel a cair à piscina (apesar de estar sempre um de alerta). Saltei dali num ápice, pronta a ir buscá-la. Não. A Isabel estava na cadeirinha. Era o tonto do pai da criança. Todos os nomes do mundo.

7 comentários:

  1. Conseguiste não bater no respectivo marido?!?! Eu acho que o afogava na piscina, logo eu que sou uma assustadiça.
    Mãe sofre!!!

    ResponderEliminar
  2. que malandro. Acho que me dava um solipanpo se me fizessem isso ehehe mãe sofre =)

    ResponderEliminar
  3. Como se diz aqui nos Açores ele merecia umas grandes "calufas".
    Não se faz. :D

    ResponderEliminar
  4. Partidas com partidas se pagam!! Aproveite qd ele menos esperar p lhe pregar um susto! Onde comprou o fato de banho? É mesmo giro!!

    ResponderEliminar
  5. Partidas com partidas se pagam! Aproveite qd ele menos esperar para lhe pregar um susto!
    Nada a ver..onde comprou o fato de banho? É mesmo giro!!

    ResponderEliminar