sábado, 15 de agosto de 2015

Gasta-me as moedas todas!

Foi a loucura. Já tinha andado num carrossel lindo em Cascais, daqueles mesmo clássicos, de cavalinhos. Mas eu ia ao lado e não tinha, a acompanhar, as músicas dos Caricas, que ela venera. Este era daqueles todos chibantes (expressão que a minha mãe usa e que deve ser de Moçambique), cheio de luzes e música bem alta e deixámo-la ir sozinha.
Adorou! Até os olhos brilhavam. A mão acenava entusiasticamente e ouvimos-lhe uns gritinhos eufóricos.

No segundo dia que por ali pássamos, ia eu sozinha com ela, e não consegui evitar. Assim que viu o carrossel começou a esbracejar, possuída e feliz, a dançar com os seus movimentos de breakdance que põem toda a gente à volta a rir. Tenho de conseguir filmar!!! Lá foi dar uma voltinha. À conta da voltinha demorou muito mais do que o habitual a adormecer, que aquilo é super estimulante.

No terceiro dia, consegui negar e já estava à espera de uma birra, mas não. Pacífico.

No quarto dia, para a despedida, já levava a máquina preparada para captar aquele sorriso lindo e aqueles olhões bem abertos. Ao som do "Panda Style" lá ia ela a carregar no botão e a manejar o volante.

E pronto, numa semana. Três vezes. Gastou-me as moedas todas.








3 comentários:

  1. Que querida a Isabel! O meu filhote nunca andou ainda, mas espero que seja em breve. Mas maquinas de por moeda ele detesta...será que com os carroceis vai ser igual?!

    ResponderEliminar
  2. O Diogo com a idade da Isabel nunca queria andar,berrava.... Depois de tanta insistência..ui agora ,com 3 anos, se deixar anda 3,4vezes no carrocel anda e ainda faz birra quando é para ir embora.
    Também adoro o carrocel clássico de cascais ,já não se vê muitos daqueles,mas o Diogo gosto mesmo dos das festinhas das terriolas ribatejanas ...sabes como é Joaninha 😉

    ResponderEliminar