segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Melhor livro de sempre (até agora)

           

Pus a capa primeiro porque além de, assim, poderem admirar a simplicidade do menino, também podem escolher ler ou não o post até ao fim caso já conheçam o livro. E que livro!

Foi-me dado por alguém que me conhece tão bem que, às vezes, até acho que sejamos a mesma pessoa. Ela tem um bebé um pouco mais novo que a Irene e achou que tinha de partilhar isto comigo. E que bem que fez. 

Adoro comprar livros para a Irene, sempre a afastam do tablet ou da televisão, interage connosco, arranjamos brincadeiras com entoações e para já não falar na estimulação. 

Este livro é um alívio. Não está cheio de princesas, de brilhantes, de sons, de ruído visual. Este senhor teve a ideia (que já muitos tiveram, mas este está genial) de criar um livro interactivo ao nível do mais simples que pode haver. 

Existem bolas por todo o livro. Bolas estas que se multiplicam se eles carregarem nelas, que mudam de cor de carregarem cinco vezes, que ficam todas num canto da página se inclinarmos o livro para a esquerda ou para a direita, que ao soprar sobem e descem na página ou que, com toques, vão crescendo e voltam a diminuir... 

Tudo isto só com desenhos e, maioritariamente, com as cores primárias. Que livro tão, mas tão querido. 

Hoje de manhã (ela recebeu-o ontem) não parava de me pedir para o ler, a cada página grita "UAU" como se virar as páginas de um livro fosse magia. E é assim que devia ser. Pelo menos até ser obrigada a ler Os Maias ou a Odisseia.

Infelizmente parece que está esgotado em português, mas lidamos bem com o espanhol, não se preocupem. 

Tive de ir à FNAC para conhecer outros livros do autor. São sempre assim para o diferente, mas nenhum é tão perfeito como este. Há um giro que também vou comprar que é "O Jogo dos Olhos Fechados", é um livro que serve para eles se acalmarem quando estão mais enervados. Uma linha de "veludo" que vai acompanhado as páginas todas para eles, de olhos fechados, seguirem com o dedo. Há uma determinada altura em que fica aos tracinhos e eles também têm de levantar o dedo, o que requer concentração, paciência, desaceleração... Pareceu-me muito muito giro. 

Acho que vou usar quando chegar a casa. Sim, eu!

Cada vez me vou apercebendo da quantidade de tralha que temos lá em casa para ela, muito porque cada brinquedo ou livro em si é pífio, normal.

Vão comprar? Gostaram?


                 

10 comentários:

  1. Há pouco tempo também "descobri" este autor e comprei vários livros dele para o meu filhote. Há o jogo das luzes e das sombras que também é engraçado para brincar com a luz e sombras :) E um muito giro é o das cores :) É super giro! É do género deste mas mistura cores e é muito interactivo :) E um que o meu filho também gosta muito é "Olá, Sou um Blop!". Por acaso este que falas ainda não comprei, mas está na minha lista para próximas compras ;) Ah e tenho esse do jogo dos olhos fechados, mas o filhote faz batota e abre os olhos ahahahah

    ResponderEliminar
  2. Nós ainda não temos um preferido, ainda andamos a experimentar vários. Todas as semanas tento ir à biblioteca buscar meia dúzia de livros para a Lara. Esta semana trouxemos estes: http://www.vinilepurpurina.com/2016/01/18/hoje-voltamos-a-biblioteca/

    ResponderEliminar
  3. Na festinha da creche, de final do ano letivo passado, esta foi a história contada às crianças, por uma pessoa convidada.
    Foi muito giro e, o que é certo, é que os miúdos estiveram sempre muito atentos.

    ResponderEliminar
  4. Muito bom! Não conhecia. E tão simples:) obrigada pela dica*

    ResponderEliminar
  5. Alo Joana =)
    Recentemente saiu a continuação desse , com ainda mais interacções e mais cores! São fantásticos!
    Bjinho

    ResponderEliminar
  6. É possível encomendar na fnac?

    ResponderEliminar
  7. Pois este livro está esgotado em portugal ha mais de três anos! Andei a tentar comprá-lo desde que estava grávida e cheguei até a escrever para a editora ;p Nada feito... Cá casa herdámos o do filho de uma amiga - a quem eu o tinha oferecido há vários anos atrás ;p E continua a ser um sucesso, nunca cansa por muitas vezes que o leiamos de fio a pavio. O "Olá! Eu sou o Blop!" Também é muito giro. E ando com vontade de comprar o jogo das sombras... Mas é verdade, concordo com a Joana - nenhum tem a genialidade deste :)

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  9. Em português o livro está esgotado na editora. A versão em espanhol também tem estado esgotada, mas aparececeu recentemente na amazon.es
    Percebe-se muito bem e podemos contar aos nossos pequeninos em português (ou nas duas línguas, como é o nosso caso!)
    Fica a dica! ;)

    ResponderEliminar