segunda-feira, 28 de março de 2016

A minha filha veste fatos-de-treino e adoro!

Ehehehe sim, lá vem a outra remexer na coisa. Depois daquele post da Joana Paixão Brás (este) ter dado alguma salganhada por questões interpretativas (digo eu porque conheço a Joana e apesar dela gostar de vestir a miúda toda pipi, "tem a noção" e veste-a de acordo com as ocasiões sem problema), confesso que até fui buscar as calças de fato-de-treino que a Irene tinha no armário e comecei a espetar-lhas mais vezes. "Porque é que não uso isto?" - pensei. 

O pai não gosta nada porque diz que fica a parecer um rapazinho. Eu lembro-me sempre daquela miúda dos Morangos com Açúcar que era maria-rapaz, uma pequenina, mas acho que ela está no direito de vestir seja o que for, fique-lhe bem ou não. Tal como eu e vocês. Quando é "só para ir ali" ou para ir ao jardim, tanto me dá se vai vestida assim ou assado. Muito menos a vou vestir como se fosse para um baptizado.

No outro dia recebi a Bububox e lá vinham umas joalheiras lindas daquelas para passar a ferro e por nas calças. Como adoro ver o rabinho da Irene de fato-de-treino (aquelas perversões que só nós, mães, podemos ter), pensei em "investir" nas calças de treino da Primark que já tinha comprado no ano passado.

Um vídeo publicado por Joana Gama (@joanagama) a


As joelheiras não ficaram simétricas. O meu jeito (e paciência) para coisas DIY é 0, mas também não é algo que se note muito porque a miúda há de se estar sempre a mexer (pelo menos até ter 80 e tal anos, espero).

Acho que tudo se pode usar, dependendo do conjunto. Ela com este quispo tão giro acho que até podia estar com umas calças da neve, parece que tudo fica amoroso.

Se gosto de todos os fatos-de-treino? Não. Confesso que não gosto muito de roupas com bonecos da Disney ou com mascotes, mas também não gosto de tudo o que é camisa, t-shirt, camisola... é normal.

Aliás, a Irene anda a maior parte dos dias de pijama, um fato de treino significa só mudar a cor da roupa, neste caso. ;)

Fui, no outro dia à Quinta Pedagógica e aproveitei para levar as joelheiras e o fato de treino... derretida! Também adoro o chapéu, apesar de toda a gente me dizer que é mais "de rapaz". Who cares?


Uma foto publicada por Joana Gama (@joanagama) a

Nota-se que não exímia nisto de por joelheiras? Eu sei.  

Gosto. Gosto de vê-la de fato-de-treino. Se calhar é porque gosto dela e pronto. ;) 

Só de golas é que não iria gostar, gosto de ver nas filhas dos outros, mas a minha acho que ficaria a parecer que tinha um funil como os cães quando estão doentes. 

Eu só usaria gola quando fosse comer oreos para a cama e não quisesse que as migalhas caíssem para dentro do pijama. E, mesmo assim, teria de me certificar que não estava a ninguém a ver. 

5 comentários:

  1. ahahahahahah adorei a das oreos na cama :)

    ResponderEliminar
  2. Somos todos diferentes! E ainda bem :)

    Já eu detesto fatos de treino e adoro golas :)

    ResponderEliminar
  3. Estou no meio termo, ou vou estar, nem gola, nem fato-de-treino. Mas não é nada fácil.

    ResponderEliminar
  4. Sou mãe de 2 rapazes, mas não tenho duvidas que se tivesse meninas seriam "Irenes"! Nada de golas e afins. Os meus filhos andam sempre de roupas práticas, não vestem camisas (detestam, ficam furiosos comigo quando lhas tento vestir, e no entanto têm 2 e 4 anos!), andam de fato treino de segunda a sábado e mesmo ao domingo só usam calças de ganga e sapatilhas, casacos desportivos com carapuço, coisas do género. Adoro vê-los assim desportivos, confortáveis e ficam lindos na mesma!
    Por isso sou da "team" da Irene, sem dúvida!

    ResponderEliminar