domingo, 6 de março de 2016

Miminhos para a Luisinha

Chiça, tantos "inhos". Ficamos muito chatinhas com tanto mel, não ficamos? 

Mas é assim que no meu coração as palavras se desenrolam quando abro os embrulhos das encomendas que fiz nos saldos. "Tão pequenino!", "tão fofinho"!

Já não me lembrava, palavra. Não me lembrava que a Isabel já foi assim e já vestiu bodies de 1 mês. Tive logo a sensação de que a Luísa não vai caber ali! Mas vai. 

Por acaso um dia destes reparei nas mãos da Isabel. Estão maiores, mais sapudas, já não se perdem no meio das minhas. Continuam macias, como no início. Também adoram a pele deles, não é veludo autêntico?!

Mas voltando às roupas de recém-nascido. Não são a coisa mais cutxie cutxie do mundo? (Deixa-me cá pôr uns bonecos queridos ao pé da roupa a imitar as outras bloggers todas hehe):

Body - Alecrim
Tapa-fraldas - Maria Malmequer
Sapatinhos - os primeiros da Isabel


Body - Alecrim
Tapa-fraldas - Coth

Camisa - Coth

E agora o cueiro da saída da maternidade da Isabel, que a Luísa vai herdar. Guardei-o a sete chaves <3





O enxoval da Luísa já começa a tomar forma e o quartinho das manas já está a compôr-se, devagarinho.


Gostei imenso da grinalda da My Nest - Obrigada <3

14 comentários:

  1. Vendo este post fiquei ainda com mais dúvidas do que vou levar para a maternidade. A minha filha nasce no verão e não faço ideia se devo levar roupa de manga curta ou manga comprida. Também pensei em cueiros mas não sei onde comprar online. Nos Açores creio que não encontro em nenhuma loja.
    Vai vestir a Luísa com manga comprida ou passas logo para os calções ou vestidos frescos?!
    Estou completamente confusa. Parece que, apesar de ter uma filha de 2 anos, não percebo nada disto outra vez.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha pequenita nasceu a 20 de Setembro de 2013 mas ainda estava mt calor. as maternidades são um forninho, ela andava só c um body leve de algodão de manga comprida e umas calcinhas com pé. Ou seja, se vestir um body de manga curta e um babygrow leve de algodão deverá ser suficiente. :) Depois é por tentativa e erro, vá apalpando a cria, a ver se está transpirada/mt quente ou fria (na barriga e costas, pq as extremidades tendem a estar sempre frias, quando eles são pequeninos. Há mta gente que se guia pelas mãos e pés e não tem nada a ver, segundo me disse a pediatra da minha :)) e vai vendo se precisa de mais ou menos camadas. As mães sabem sempre, não se preocupe q há-de relembrar tudo quando ela nascer haahah

      Eliminar
    2. Para os primeiros meses só tenho mangas compridas. Algodão e casacos de malha, mas tudo comprido. (Da Isabel também não tenho praticamente nada de manga curta porque ela era de março). Se na altura precisar compro, depende muito do verão que aí vem. E a minha casa não é muito quente no verão.

      Eliminar
    3. Cueiros achei super práticos para os primeiros tempos (era das que duvidava mas comprovei). Tens a Ratinho Feliz (que tem uns de algodão muito bonitos e práticos) e vi agora um lindo também na Tsuru. Não sei preços. :)
      Beijinho!

      Eliminar
    4. Olá, muito obrigada pelas dicas! Sendo assim vou manter o que tenho, coisas de algodão de manga comprida. Já estava preparada para comprar vestidos de cavas para a miúda. :) Muito obrigada. Beijinhos!

      Eliminar
    5. Concordo com as mamãs :-) a minha Luisinha nasceu em Agosto passado e teve km tempo todo só de body de mangas compridas de algodão leve. Para sair vesti babygrow de algodão e gorrinho tb. Em casa andava fresquinha de manga curta e o até dormir é que vestia babygrow ☺bateu tudo certinho mas antes andava como louca sem saber o wireless comprar eh eh também usou cueiros que acho maravilhosos mas não achei assim tão práticos, parecia sempre muito tecido e enrolar-se! Saquinhos de dormir leves tb são muito práticos mas bem pequeninos :-) espero ter ajudado!

      Eliminar
    6. Só erros! Vejo mal estas letras e depois o tele faz destas eh eh

      Eliminar
    7. Olá Patrícia, muito obrigada. Ajudou imenso. Já tenho uma ideia muito mais clara do que vou precisar. De facto estava sem saber se devia apostar na manga curta ou comprida. :P Beijinhos

      Eliminar
  2. Joana, a roupa que era da Isabel vais usar na Luisinha ou só alguma, tem tão pouco diferença que a Luisinha poderia herdar quase tudo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, muita coisa vai dar! Tirando o que é pijamas/ babygrows polares, lãs e coisas do género (como era março frescote ainda vestiu muita roupa de inverno). Bodies cueiros vestidos etc etc vai dar :) e ainda bem!! Emprestei tudo mas de certeza que está tudo muito estimadinho :)

      Eliminar
  3. Joana,
    Ontem passei num mercadinho cá na cidade, vi roupinhas deste tipo, tapa-fraldas com lacinho, roupas com golinhas e folhos, etc.
    A minha saída para o meu marido foi: isto é tão Joana-Paixão-Brás. Ela iria querer isto tudo para a Luísa :-) Eheheh

    ResponderEliminar
  4. Tudo tão delicioso! Adoro roupinhas de bebé delicadas assim. Ainda não sou mãe mas desejo ser em breve. Beijinhos, Joanas e meninas

    ResponderEliminar
  5. É que é mesmo tudo fofinho! 😉
    Realmente, as roupas das meninas são muito tentadoras. Ter rapazes deve ficar mais barato :P Mas não me importava nada de ter outra menina ;)

    ResponderEliminar
  6. o cueiro de primeiro dia da minha Júlia era muito parecido com este :) bordado da Madeira, oferta da minha mãe que por lá andou numas mini férias pouco antes dela nascer.

    ResponderEliminar