terça-feira, 26 de abril de 2016

"A gravidez está a fritar-te o cérebro"

Parece que hoje é o Dia Internacional do Anónimo, pelo destaque que estamos a dar à espécie (houve post daquela nossa rubrica gira de manhã), mas apeteceu-me fazer um movimento "Libertem a gravidez!" ou "Libertem as grávidas!". Já não é a primeira vez que anónimos fofinhos me deixam este comentário (ou sempre a mesma, who knows?). Vamos a ver se nos entendemos.

Não é a gravidez que me está a fritar o cérebro. Quando muito, ele já está frito há uns bons anos (e não foi à conta de coisas que fazem rir, por acaso nunca me deu para aí).


Não noto especial alteração em mim - nem os que me rodeiam (ou então andam cheios de medo que os assassine à paulada e nem comentam) - a não ser em duas coisas: andar mais esquecida (ou cansada, ou ambas), mas até para isso tenho posto lembretes e notas no telemóvel até mais não. E estar mais feliz. De resto, a mesma. Continuo a ser sensível, lamechas, chorona, pirosa, bimbalhona, parva. Nada mudou.

Não vamos culpar a gravidez de tudo o que nós ou os outros possam não gostar em nós.

#deixemagravidezempaz #hormonalsempre #pirosa4ever #naogostaspoenabordadoprato

6 comentários:

  1. Joaninha,

    Gosto de vir aqui ler-vos e concordo contigo.. Se és lamechas e chorona, já o eras antes! :) E quem te lê gosta que assim sejas!

    Só não gosto desta legenda : #deixemagravidezempaz
    Por um simples motivo!
    As tuas leitoras gostam de ti, seguem-te e fazem do blog aquilo que ele é! Como tal, as tuas leitoras, não querem deixar a tua gravidez em paz! Pelo contrário... Faz parte, do ter alguma fama, tal como vocês já a têm!

    Têm dado demasiada importancia aos anónimos da vida, que por aí comentam coisas chatas, mas vejamos : Nem todos podemos gostar de amarelo não é?! Deixem os anónimos e concentrem-se nas coisas boas. Coisas essas que fizeram nascer o blog e que agora têm uma terceira prestes a juntar-se a elas :)
    Não liguem a coisas que não vos interessam, e continuem as duas "pindéricas" (a betinha, e a Maria-rapaz) que têm sido, porque é delas que as leitoras gostam mais ;)

    Ass: Ana F.
    (Bem que podia ser uma das anónimas.... serei!??!?! mmmmmuuuaaaaahahahahhahaahhah)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahaha que má! Então és tu!! Hahah

      O #deixemagravidezempaz não era para deixarem a minha gravidez em paz! ;) Era um "libertem a gravidez" geral (ou as hormonas), que parecem as culpadas de tudo o que somos/fazemos. No meu caso acho que só realçam as minhas características - as piores e as melhores. :) Nada chateada com o anónimo, não me tratou nada mal, só me fez pensar no tema.
      Bjs, Ana!

      Eliminar
    2. Eu sou mais apologista do #Aproveitemagradidezmesmoquesejaparadesculpasesfarrapadas :P
      Pena tenho eu de não me ter "encostado" mais à gravidez!
      Vá ainda bem que percebi mal senão ia já disparar 4 ou 5 comentários anónimos a falar de como vais passear a hoteis e a Joana Gama tem rosacea e cenas assim parvas para libertar frustrações!
      Mas como afinal fui eu que percebi mal, fico-me por vos chamar betinha e maria-rapaz (acho que isto vocês não levam a mal...)

      Eliminar
  2. Não li nada este texto dessa forma. Acho que a Joana só aproveitou o comentário para falar da forma como muita gente culpa a gravidez / hormonas de tudo ou mais alguma coisa. Eu acho que até as próprias grávidas se desculpam de muita coisa à conta da gravidez. Mas não me pareceu nadeca que se estava a lamentar-se de ter anónimos neste caso, senti que estava divertida até.
    Lídia Pires

    ResponderEliminar