terça-feira, 12 de abril de 2016

Olha m'esta (#00) - Temos colaboradora nova!

Não. Não estão a ficar malucas. Vão ler um post num blogue que fala mal precisamente desse mesmo blog. Achamos que vocês precisam de novidade na vossa vida (e, com isso, não queremos dizer que precisem de experimentar técnicas esquisitas como fisting - a fingir que não escrevi isto (mãe, não vás ver o que é) - e afins que isso nos mete impressão e nos dá uns pequenos vómitos) e, portanto, uma ideia nossa antiga, vai seguir em frente. 

A par de comentários anónimos de mulheres zangadas connosco e cheias de coragem para dizer mal sem assinar, sem dar a cara, também recebemos, de vez em quando (menos do que seria de esperar tendo em conta o nosso sucesso internacional desmedido) e-mails de gente um pouco mais dedicada a odiar-nos, alguém que nos tem um pouco mais em conta e decide escrever coisas maiores e mais pensadas. Textos que ocupam mais tempo do que uma sentadela na sanita com o telemóvel na mão.


Gostamos dessas pessoas, das que se dedicam, mesmo que se dediquem a odiar-nos e, por isso, decidimos dar-lhes tempo de antena. A nosso convite, temos uma hater que nos enviou um texto com o conhecimento de que o iríamos publicar (a fingir que não somos nós a encarnar as nossas queridas haters, só por piada). Se vocês gostarem ou odiarem (se vos fizer sentir emoções tão fortes quanto receber a notificação de transferência do depósito do vosso ordenado), nós mantemos a senhora (que criámos e que nos dará imenso gozo para purgar emoções negativas) como nossa colaboradora. Isto, claro, na esperança de que ela nos continue a odiar com tamanha força, senão deixa de ter piada e mandamo-la passear àquele sítio mais alto no mastro de um barco (sendo que, neste caso, estaríamos a mandar-nos a nós próprias para lá). 

Publicamos o texto à noite. Não queríamos que caísse aqui sem explicações e sem cabimento, um pouco à semelhança do que tem sido com a porcaria do IVA na maior parte das coisas que compramos. 

É logo à noite. 

Porque as anónimas da vida (amarguradas) também merecem o seu espaço, mesmo aparentando ter tanto por utilizar na sua cabeça. Vamos ser nós as anónimas agora, porque parece ser divertido. 

Esperamos que gostem tanto quanto nós. 

13 comentários:

  1. EU adoro o blog, não sigo mais nenhum blog só o vosso, e não perco mesmo nada, mas não gostei dessa ideia. Não sei se entendi direito, mas não me parece ser uma boa dar "lado" para esse tipo de coisa, gente amargurada, que só faz críticas porque sim na minha opinião não devem ser ouvidas. Não sei se existe outra intensão nessa vossa ideia, mas a princípio não me pareceu uma boa:( Estou mesmo farta de gente que sente prazer em deixar os outros tristes, ou tentar deixar....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo. Até percebo que do ponto de vista do "entretenimento" possa ser engraçado e dar para rir, mas tem sempre uma vertente negativa que se dispensa bem.
      :) Mas isso sou eu que não posso mesmo com "haters" e tenho um dom especial para ignorar esse fenómeno.

      Eliminar
    2. Compreendo e talvez estejamos a dar-lhes "força", mas vamos experimentar assim mesmo. :)

      Eliminar
  2. Acho que não percebi a ideia! Concordo com a Priscila!
    Sandra Fernandes

    ResponderEliminar
  3. Adoro a ideia! Não sou mãe mas sou tia de duas pequerruchas. E porque não sou mãe apenas leio o blog porque adoro as vossas parvoíces e a forma descontraída com que escrevem sobre a tarefa hercúlea de criar e educar gente!
    Ah, voltando ao assunto, ia me esquecer que as minhas sobrinhas são muito mais lindas e inteligentes e simpáticas e queridas e geniais que os vossos filhos, quando digo vossos, são todos os vossos - das bloggers e das mães que lêem este blog e dos filhos que ainda irão nascer!
    Desta vossa hater (anónima, claro), com amor!

    ResponderEliminar
  4. Delicioso! O que deve ser bom fazer esse exercício de purgação!... ;)

    ResponderEliminar
  5. Estou como as demais, terei eu entendido bem?
    Post vossos a dizer mal dos vossos posts??!!! Que nó que tenho aqui na cabeça LOL
    Mas pronto, quero ver, e vai daí ainda surpreendem esta malta pela positiva :-)
    Aguardando...

    ResponderEliminar
  6. Eu que acompanho o blog estou bá duvida se percebi bem e se isto terá piada...
    De qualquer das formas dizem que o publicavam o primeiro ontem a noite e até agora nada..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O primeiro está agendado para hoje à noite no FB (regemo-nos mais por lá porque é de onde vem 99% das leitoras), mas agora já está online no blog. Bjs

      Eliminar
  7. Por acaso dispensava bem essa "rúbrica". :)
    Acho que dar voz a "haters" e a comentários destrutivos e sem nexo nunca é bom, nem como entretenimento.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Eu não tenho filhos e estou bastante longe disso até porque só tenho 18 anos e A D O R O o vosso blog, divirto-me tanto a ler os vossos posts e a ver coisas sobre a maternidade (acho que apesar de tão nova é algo que nasceu comigo). Continuem a ser assim porque eu vou continuar a ler as vossas publicações, são as melhores!!!

    ResponderEliminar
  9. Os haters têm o seu papel na vida dos blogues. Claramente que aumentam a interação e consequentemente o número de visitas. Não é em vão que as blogues dão "trela" a este tipo de situação, bem dispensável para a maioria das pessoas que, como eu, gostam bastante deste blog.

    ResponderEliminar