domingo, 15 de maio de 2016

A verdade é esta: não temos dinheiro.

Bem sei que há pessoas em situações muito piores (há sempre), mas esta é a verdade: adorava presentear-vos com fotografias de uma ida em família a Lago de Como (Itália), mas temos que nos arranjar com o que há cá. Não é um post de uma ida fenomenal a um sítio maravilhoso, mas é um post que retrata uma das melhores tardes dos últimos tempos num evento de street food em frente ao ikea (não me pagaram, ponho em minúsculas porque não merecem mais atenção) de Alfragide.

Uma coisa que me pareceu meia "mal-amanhada" (no sentido em que fui à espera de uma coisa tipo pavilhão da Expo98 ahah) mas que nos fez a todos (eu, a Irene, a minha amiga Renata e o filho dela - que não posso publicar fotografias infelizmente porque tenho umas maravilhosas de hoje - Diogo) muuuito felizes. Meia dúzia de roulottes de crepes, hamburgueres, crepes (já tinha dito?), sumos, algumas bancas de coisas boas (uma delas era de uma leitora nossa que me veio dar dois beijinhos e que estava a vender sabonetes 100% naturais - ByMeny - cheiravam muito bem) e música pimbalhona a acompanhar. Perfeito. Juntando a isto algumas cadeirinhas da relva daquela loja sueca que não merece miminhos (ao contrário da banca da leitora), foi uma tarde mais do que perfeita. Eles tinham espaço para correr, apanharam sol e - mais importante que tudo - cansaram-se e adormeceram rápido ;)

A Renata e eu pudemos quase que relaxar nas cadeiras, mamar um valente crepe de Nutella com banana e ainda enfardar umas batatas fritas ali da barraca ao lado (não fiques triste, mãe, amanhã compenso e como só sopa o dia inteiro - a minha mãe cai para o lado se me vir a engordar de novo ou se um dia não pesar 21 kgs como ela ;)). 

O fim-de-semana podia só ter sido hoje que eu sentia que tinha valido a pena. Isto tudo para vos dizer várias coisas: 

1) Informem-se sobre as coisas que acontecem ao pé da vossa casa, há planos muito giros e que se podem tornar no melhor do vosso fim-de-semana. 

2) As pessoas que têm blogs sofrem imenso quando têm amigas que não deixam (e lá têm os seus motivos) publicar as fotos dos filhos delas (tenho umas aqui tão giras buáaaaa).

3) Nutella e Banana? Epá, sim. Acho que fiz amor com aquele crepe e estou-me a borrifar se ele gostou ou não.

4) Renata, adoro-te, estou muito feliz por nos termos voltado a encontrar e já mães e, ainda por cima, vizinhas. Acho que já reparaste porque não somos destas merd*s e até demos meio abraço hoje. 


Tudo dela.

Sim, às vezes não me apetece lavar-lhe as mãos depois de se chafurdar toda com canetas. 

Parecem aqueles pormenores fotografados por fotógrafas com máquinas de jeito. 

Vou continuar em negação que a camisa lhe esteja curta. 

Apetece-me beijá-la tanto e com tanta força que até lhe metia os olhos para dentro. 

Aqui parece que já dá para ver como vai ser quando for grande. 

O cabelo impossível de domar. 

Ehhh dentuças!

Ela abraçou-me espontaneamente, apesar de provavelmente estar super envergonhada da mãe estar de calções tão curtos e de collants pretos opacos. 

A minha velhota.

O casaco de não sei quê Inglês que a avó Sílvia lhe deu. Bordado inglês? Parece um padrão em braille. É giro.

Se calhar a Avó não vai gostar muito de ver o casaquinho no chão do campo de futebol ali de Alfragide.

Ahh não se passou nada.

Ups.

Camisinha, laço betinho e casaco de bordado inglês... Joana Paixão Brás, o que me estás a fazer???

Mais flexibilidade que a mãe num dia bom. 

E acabou assim o dia, mesmo em cima da hora de jantar. Super feliz. 

Roupa toda - Zara que eu cá não complico muito.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Se soubesse tb tinha ido. Moro pertissimo...

    ResponderEliminar
  3. Acho que já tinha dito aqui que esta miúda é a mais querida da blogosfera!!!
    Uma delicia! <3

    ResponderEliminar
  4. Este post está lindo, identifico-me imenso! Não é preciso gastar muito dinheiro para fazer programas giros com eles! Este fds também fomos a um street food e foi bem giro! Também tinha o palco com a música aos berros mas deu para animar!

    ResponderEliminar
  5. Como a felicidade é tão simples! :) Adorei.

    ResponderEliminar