terça-feira, 22 de novembro de 2016

Tenho uma bebé que não chora

Claro que chora. Se não chorasse até deveria ser mau sinal. Mas a verdade é que, passado o segundo mês de vida - em que a miúda teve dias em que chorava de manhã à noite sem que eu a conseguisse acalmar de forma alguma-, a Luísa praticamente não chora. Passam-se dias inteiros em que não a ouço chorar. Isto prende-se por duas razões, essencialmente:

- ela é uma bebé calma, tem uma paciência de santa para a irmã e dá-nos, por enquanto, uma enorme margem de manobra com horários, rotinas, etc

- não lhe dou grandes motivos para chorar. A ver se me consigo explicar bem. Consigo, desta vez, ter disponibilidade mental e física para estar perto dela e satisfazer as necessidades básicas sem que ela tenha que chegar a chorar. Consigo, desta vez, descortinar rapidamente se tem fome/sono ou que se se está a fartar de estar na cadeira, no chão ou no colo, pela forma como se expressa, pela ladaínha dela e pelos movimentos corporais. Quando não tenho a certeza, tento a mama, só depois avanço para outras frentes. Quando vejo que mamou bem mas está chateada, ou se mexer nos olhos, nas orelhas ou no cabelo, já sei que é sono. Sempre que posso, não a deixo chorar. Já sei que não morre se tiver de chorar um bocadinho, mas acho que o dia corre muito melhor se não for preciso deixá-la chegar ao ponto de chorar baba e ranho. 

Agora, há algo que me escapa completamente ao controlo e é aí que a ouço chorar como gente grande: quando viajamos de carro. Ui! Não estão bem a ver. Se está com sono e não adormece nos primeiros minutos, entra numa espiral em que parece que lhe estamos a arrancar os dedinhos. Ali sim, é lágrimas, gemidos, respirações fundas, ganha fôlego e recomeça. Chega a aguentar sessões de choro continuas de meia hora, se não houver estações de serviço onde possamos parar. É terrível! Mas, por mais que lhe dê brinquedos, ponha músicas ou fale com ela, não dá. Esperneia até que a tiremos de lá. Ainda bem que as viagens que faço com ela diariamente são curtinhas! 
Outra coisa em que começou agora a choramingar: com estranhos. Às vezes assusta-se tanto, mas tanto!... Bem, afinal até tenho uma bebé que chora.

Fotografia no evento da Igor
Sigam-me no instagram @JoanaPaixaoBras
E o @aMaeequesabe também ;)
O nosso canal de youtube é este.

8 comentários:

  1. Pode ser calor. O meu filho saía todo suado do ovo, mesmo no Inverno

    ResponderEliminar
  2. A minha filha foi assim... Chorava sempre que ia para o carro....

    ResponderEliminar
  3. Concordo com a hipótese do calor. O meu filho odiava o ovo, chorava, chorava porque tinha imenso calor. O que fazia quando tinha viagens mais longas era vesti-lo com roupa de algodão leve e colocava uma mantinha e as coisas corriam melhor.

    ResponderEliminar
  4. Aceitam-se dicas para minimizar o choro no carro... o meu tem 3 meses e volta e meia dáo-lhe essas crises, é mt complicado!

    ResponderEliminar
  5. O meu pequeno era igual... o carro era e é o seu ódio de estimação. E não melhorou mesmo virando-o pra frente. Eu pensei q melhorasse com a idade mas com 16 meses tá cada vez pior... agora até se estica todo para não ir para a cadeira e desata num berreiro mesmo antes da viagem começar. É muito chato!

    ResponderEliminar
  6. Muitas vezes, o choro que persiste em todas as viagens de carro é por enjoo. falem com pediatra ou médico de família porque, quando precisam fazer viagens mais longas, com medicamento para os enjoos faz milagres.basta experimentar uma ou duas vezes e, caso funcione, confirma-se que é enjoo e caso não funcione, vão ter mesmo de procurar outra solução.

    ResponderEliminar
  7. A minha Laura chorou sempre que andava de carro até cerca dos 4 meses, então se estivesse a ficar noite pior. Resolvi com uma luz de presença portátil do IKEA, é uma espécie de fantasminha. Ligamos o boneco, ela acalma, concentra se naquilo e acaba por adormecer.

    ResponderEliminar
  8. A minha tem dois anos e usa chucha só para dormir, a excepção é o carro assim que se senta na cadeira pede logo a chucha e se não temos à mão farta-se de chorar. O que me leva a pensar que o carro para algumas crianças deve de ser uma coisa muito aborrecida pelo facto de irem presos para os mais velhos e sem contacto visual para os bebes e daí o choro. Está claro que isto são tudo suposições minhas.

    ResponderEliminar