domingo, 4 de dezembro de 2016

Ponham-nos em frente ao espelho. Aprendam com eles.

Hoje estava a prestar atenção à minha filha a olhar-se ao espelho. Fez-se luz. Quero que façam um exercício. Ponham-nos em frente a um espelho. Vejam o quanto eles se adoram. Vejam o ar orgulhoso a olharem-se nos olhos, a sorrirem, a fazerem macacadas. Não há o mínimo de auto-crítica, de julgamento. Eles não vêem se têm nariz pequeno ou grande, queixo para dentro ou saliente, orelhas saídas ou coladas, sobrancelhas que se unem, cabelo escorrido ou seco, pele assim ou assado. Eles estão limpos de auto-censura, de crítica, de anos de julgamentos, de padrões e de frustrações. Eles olham-se e vêem o que interessa. 

quadro Just Word

Sim, filha. Tu és linda. Tu és perfeita, não sendo, somente porque isso não existe. Tu és feliz. O teu nariz cheirará flores perfumadas e sentirá a canela do arroz doce da bisavó Rosel por muitos anos; os teus olhos verão estradas e pontes, mares desavindos e revoltos a desabafarem na areia da praia, pessoas cheias de bondade e prédios com azulejo e casas rodeadas de verde e cães a correr atrás de bolas; a tua boca provará o sabor da paixão, sentirá o veludo de um batom cor de rosa, e provará o creme de uma bola de Berlim; os teus ouvidos ouvirão Caetano, o mar dentro de uma concha e as gargalhadas das crianças na praia. Tudo o resto, meu amor, não interessa. A simetria, a proporção, os traços a que tanto damos valor na nossa sociedade, são ocos, secundários, irrelevantes. Quero que olhes para ti e gostes do que vês, simplesmente porque és tu. E tu és insubstituível. Os teus olhos, a tua boca, as tuas expressões, são teus, são únicos e cada pedacinho teu é digno de ser amado. 

Temos tanto a aprender com eles. Tanto, mas tanto. 

Olhem-se ao espelho, apreciem tudo o que são, tudo o que já viram, já provaram, já beijaram, já ouviram. E agradeçam. Por tudo o que foram, por tudo o que são. 

Sigam-nos no instagram aqui 
e  a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

6 comentários:

  1. Tão lindo, tão perfeito!💕e é isso sem mais nem porquês!! Gosto muito de te ler, de vos ler. Diferentes mas igualmente espetaculares😊😊
    Quanto a esta mensagem é isto mesmo Joana. Tenho uma menina da idade das vossas, uns mesinhos mais velha ☺mas é exatamente isto, ela é linda e perfeita e sempre o será💕
    Beijinhos para as 5😄😘Cátia

    ResponderEliminar
  2. Que palavras tem bem encaixadas... perfeito!
    A Joana tem alto nivel de SER... parabens!
    So consigo tirar mais uma ilacao disto: cada vez que leio este tipo de posts amo ainda mais os meus filhos...td isso e a minha imaginacao nao transcrita em palavras tao bem encaixadas.
    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  3. Até para nascer é preciso sorte e as suas filhas tiveram muita sorte Joana. Parabéns pela pessoa que é!

    ResponderEliminar
  4. Já tinha reparado nisso no meu filho de 1 ano e meio. Ele adora-se. Adora ver videos dele próprio, ri-se às gargalhadas e adora ver-se ao espelho. Acho espetacular porque é mesmo de uma maneira boa e sem nenhum sentimento mau associado. Que pena que um dia acaba :|

    ResponderEliminar
  5. Aí está!
    Por vezes não valorizamos quano eles se olham e se admiram...
    Deviamos olhar mais para eles e com eles... E faze-los nunca deixarem de acreditar que são especiais, e que são os primeiros a terem de gostar/aprender a gostar deles próprios, sem filtros e sem imposições ocas...

    ResponderEliminar