segunda-feira, 22 de maio de 2017

A Mãe não veste Prada #04

As saudades que eu já tinha de andar armada ao pingarelho qual fashion blogger! :) Foi no Sábado que senti esse power todo e bastou-me um vestido que foi paixão à primeira vista da Happy Company, uns óculos de uma marca que é novidade no mercado, a TIWI, e a lente da Joana Sepulveda Bandeira que já nos atura tanto mas tanto que qualquer dia não nos pode ver à frente.

Gostam? Eu cá gosto, sem mas. Que é o mais importante. :)
(vá, dispensava o molho do cone do The Cru, que caiu na minha saia  um pouco por todo o lado.  Shiuuuu, que elas às tantas nem reparam! Reparam, reparam que elas reparam em tudo. Isto são os meus dois neurónios a conversarem).































E agora a parte mais gira: andar às compras com a 'miga no Kids Market. Irrita-me só o facto dela ser tão rápida a escolher tudo e eu ser a pessoa mais indecisa à face da terra (gostava de ser mais como ela), mas tudo bem.








Sónia e Paula, adorei conhecer-vos <3

Vestido - Happy Company
Óculos  - TIWI
Colar - Pipe

 
Fotografias -  The Love Project

domingo, 21 de maio de 2017

E o prémio de melhor pequeno-almoço vai para...



Gostaram? Do product placement? Eheh Estou a ficar pro nisto. Super subtil. 

O pequeno-almoço da Irene sempre foi algo pouco pacífico. Uma das razões tem que ver com o faco dela (ainda) mamar de manhã e, por isso, o apetite para comer depois do acto ser variável. A outra é que tento ser consciente relativamente ao que ela come - tem sido um caminho, até foi uma leitora que me avisou que ela comer frutinha de manhã sem nada no estômago e diariamente não era uma boa opção. Daahhh. 

Fomos ao lançamento das novas papas Pequeno Buda da Iswari e vim de lá satisfeita porque finalmente consegui mais uma opção para o pequeno almoço dela. Já temos as panquecas, os cereais de milho com leite vegetal (agora não me lembro de mais) e ontem de manhã foi a farinha de banana-maçã. 

Eu sinto-me muito mais feliz e descansada a saber que ela está a comer coisas boas, coisas que alimentam e que lhe fazem bem. Habituá-la a comer bem - já para não falar que funciona como profilaxia (uhh que ela sabe palavras complicadas - faz-me mais feliz também. 

Estava cheia de medo que ela não gostasse porque não tem açúcares adicionados, nada desses "decotes abusados" que fazem com que todos nós olhemos gulosos para a comida e que não a vejamos por aquilo que ela vale a sério (ahaha). GOSTOU! Adorou!

E eu no meu potinho de hoje, para variar do iogurte com aveia e tal e tal, também me afiambrei ao Pequeno Buda (salvo seja). 

Querem dar dicas para pequenos-almoços? A malta agradece ;)


... ja estou cheia de saudades dela.

A minha fotografia preferida nos últimos anos.

Mariana Ferro do a Mãe já vai e as vossas queridas.

Mariana Ferro do a Mãe já vai e as vossas queridas.

Houve uma leitora que me pediu para mostrar a tatuagem e aqui está o meu Catclaw


Fotografias: Pau Storch (excepto as duas primeiras que foram minhas que o Pau ainda não esteve cá em casa - ignorem o duplo sentido, por favor)
O meu macacão e o da Irene: Little Jack Baby Clothes 

........................................

Sigam-nos no instagram 
aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

Fui ao Olivier de Ténis, aceitável?

É que nem pensei muito no assunto. Nunca penso. Raramente, vá. A verdade é que eu acho que tenho um free-pass para me vestir como eu quero já que sou eu quem me veste. Se depois me sinto desconfortável qb quando vejo toda a gente com uma indumentária diferente? Sim, mas não consigo evitar. Eu visto como me sinto e não tanto para onde vou. Se isso faz com que às vezes pareça estar a ter um esgotamento nervoso e noutros pareça que vou almoçar ao Olivier mas vá para o meu ginásio? Sim. Não sei ser de outra forma. E, depois, também tenho um emprego que me permite (acho que - na volta faço a mesma coisa há 10 anos por ser tão pouco formal na minha indumentária, haha) ser quem eu sou. Não tenho essa dualidade da "Joana profissional" e da Joana normal. Também não tenho a "Joana eventos" e a "Joana fotografias profissionais". Prefiro o desconforto de não estar vestida como manda a "etiqueta" do que andar disfarçada. Às vezes, se o desconforto no geral for muito, simplesmente não vou ao sítio. Até que ponto é que devo ir a sítios nos quais não me sinta integrada? Com que intuito? Claro que devemos sair para fora da nossa "zona", mas é quando compensa. 

Sei ou senti que para blogger não era este o aspecto que esperavam (pode ser só projecção minha, na volta nem pensaram nada sobre mim haha). Primeiro, não sou blogger. Tenho um blog, é diferente. E não é um blog pipi (pelo menos a minha parte, ahah), é um blog de maternidade, de mulheres que são mães e que pretende ser realista. Fui ao Olivier e fui como me vesti para trabalhar. Fui almoçar com a minha Susana (que disse nunca ter ido a nada tão finório) e voltamos com esta comidinha toda no bucho e uma quebra de rotina a meio de sexta.


Isto sou eu em blogger. Ahah.


 

 

Dois coktails sem álcool que nos fizeram sentir que tínhamos feito o check-in num hotel de 5 estrelas num destino qualquer paradisíaco (não que alguma já lá tenha estado).



A festejarmos o facto de eu já caber nesta camisola outra vez. :) 

Pormenores que fazem toda a diferença...

Eu sou daquelas totós que, quando gosta de algo que comeu num restaurante, repito. O bife de lombo, os carpaccios de melão ou o de peixe branco (disse a Susana que eu não como peixe) e o tártaro estavam muito muito agradáveis. Estou a babar-me toda. Por causa disto, que ainda só tenho 30 anos.
Têm ido almoçar calmamente com a vossa bff? Óptimo sítio... :) Não encham a barriga com os cocktails como nós, tentem moderar para conseguirem não sair de lá a rebolar... 


Restaurante: Olivier Avenida

........................................

Sigam-nos no instagram 
aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Já temos casinha!

E está um amooooooor! Já vos tinha dito aqui que estava à procura de uma casinha e a que mais me fez brilhar os olhinhos foi esta, ainda por cima de uma loja-fábrica aqui perto de casa :) Quando a Isabel chegou a casa e a viu ficou maluca (literalmente) e disse que a queria levar para a escola para brincar com os amigos (awwww! Que fofa!). Quando lhe disse que não podia ser, fez uma das maiores birras de que tenho memória (lindo e cómico ao mesmo tempo, eu sei), mas depois lá me lembrei de lhe dizer que no verão podíamos convidar três ou quatro amigos para vierem cá a casa com os pais e ela parou logo de chorar (o pior vai ser escolher os amigos snif).

Vejam lá se não está de sonho!





As peças mais pequeninas vão sempre para o andar de cima - inacessível à Luísa - quando acabamos de brincar.



Peças de uma coleção que a minha querida mãe andou a fazer quando eu estava grávida e descobrimos que seria uma menina <3

Amor da mãe, coração bom <3





Estas luzinhas da Primark estão só à espera de pilhas e devem ficar bem queridas - aliás, até gostava de iluminar as divisões :)



O pai coelho estava no trabalho e foi buscar a filha à escola <3 (ai as saudades, David!) Entretanto, a Sandra tinha contado histórias na escola.



A divisão dos quartos foi escolhida por ela (e que coincidência! - ficou igual à cá de casa hehe)





Se o quarto já estava lindo com a cama nova (mostrei-vos aqui), agora ficou DE SONHO.  <3
Obrigada, avô Fernando por teres dito logo que querias colaborar <3


Coisinhas de que podem ter gostado:

Casinha/estante - Expomad Mobiliário e Decoração
Coelhos, miniaturas e afins - Maria das Festas; Docinho de Açúcar; Nas Nuvens (Saldanha); Loja Quer.

Cama da Isabel - Pineapple Party



............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.


quinta-feira, 18 de maio de 2017

Vou sair à noite! YEAHHHHH!

Não sei qual das duas mais histérica: se eu com 14 anos pronta para a minha primeira ida a uma discoteca algures na linha de Cascais (daquelas com matiné, que terminava às 22h - já sei chamava-se Bahaus!!!) - se eu com 30 anos após duas filhas e uns 400 (?) dias com ordem de clausura.

Não sou louca para levar estes tamancos, como devem imaginar.

Não é que, desde que elas nasceram, seja o programa que mais aprecie, até porque isto nunca acontece:


Já todas sabemos que, com filhos em casa, não há descanso que nos valha no dia seguinte, nem dá para ficar a babar a almofada e a emborcar litradas de coca-cola zero e um granda bigmac (sim, era este o meu ritual de pós-noitada) e, como já não vou p'ra nova, sei o quanto custa recuperar. Por isso, não vou ver o sol nascer, não senhora. Mas vou divertir-me, isso de certeza!

No sábado, dia 27 de maio, vou à V FESTAZUL, no Convento de S. Francisco em Santarém. Nunca fui (apesar de no ano passado terem lá estado meio milhar de pessoas, eu não estive - seria por estar muito grávida?) e sempre me disseram que era uma festa GIRÍSSIMA, por isso este ano vou lá abanar o esqueleto.

Além do ambiente, da atuação dos DJ Gonçalo Henriques, Fernandinho e Corto Maltese, sei que o propósito da festa não poderia ser melhor: com a organização das Asas Pela Vida, e com o patrocínio do Gotik Gin e da CUF Hospital Privado de Santarém, o dinheiro das pulseiras vendidas reverterá a favor da Ajuda de Mãe de Santarém

Digam que vão, aqui no evento!

Se no ano passado, juntou-se na festa mais de €8000.00 a favor da Fundação Luiza Andaluz, espero que este ano iguale ou supere!
Vamos lá divertirmo-nos e sermos solidários?
Conto convosco, gente de Santarém (mas não só)!

............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.