terça-feira, 3 de janeiro de 2017

A Luísa tem um andador

Na altura da Isabel andei indecisa se lhe comprava ou não um andador. Ela não era muito de espreguiçadeira e às vezes queria tê-la entretida enquanto tinha de dar um jeitinho à casa, fazer o jantar ou tomar um banho. A pediatra disse que, como em quase tudo, usado com moderação não lhe faria mal, sempre com a casa preparada para tal, os cuidados devidos, e estando sempre de olho. Acabei por não comprar na altura. 

Desta vez, a Luísa tem um e adora! Não pretendo que aprenda a andar ali, longe disso. Encaro-o como uma voltinha no carrossel, uma forma de se divertir um bocadinho, enquanto faço um xixi, enquanto faço a cama ou enquanto lhe preparo o almoço (que, já agora, é feito de pedaços de comida cozinhados: brócolos, batata doce, cenoura... aderimos ao Baby Led Weaning, depois conto-vos melhor a experiência). Há dias em que faz parte da faxina comigo na mochila (Boba 4G ou Ergobaby), há bocadinhos em que fica no parque, há momentos na cadeira da papa, outros no tapete sentada, a rebolar e a arrastar-se - vamos variando ao máximo.

Ela gosta muito de dar saltinhos (este modelo, o Kamino, tem uma posição com molas) e meter a música a tocar e foi essencialmente isso que me seduziu. Gostei também do facto de ser possível retirar o assento, quando estiverem na fase dos primeiros passos, e de serem eles a andar e a empurrar o andador (tem umas pegas para isso). Achei-o estável, base sólida e larga e tem umas almofadas antiderrapantes e um redutor de velocidade, que trava quando se aproxima de escadas (que é o maior medo das mães quando pensam em andarilhos). De resto, os cuidados que tivemos a nível de segurança são os mesmos de quando começam a andar: ver tudo o que possa estar ao alcance deles, destralhar a casa, ver se há fichas e cabos no chão etc, etc.






Podem ler também:
Obrigada 2016, foste um bom ano
Este ano quero...


:::::::::::::::
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

16 comentários:

  1. Que maravilha Joana!!! que menina tão linda e risonha!

    ResponderEliminar
  2. A Joana vai ficar em casa com a bebé até que idade? Desculpe a pergunta, é mesmo só curiosidade! Beijinhos, Teresa

    ResponderEliminar
  3. Quando queria fazer um chichi a minha ficava no parque!!!! O parque caiu em desuso mas a meu ver é bem prático e nao não tão polémico como os andadores (e sim é proibido em muitos países e muitos pediatras desaconselham) mas mais uma vez a mãe é que sabe!!!! Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso, e existem uns enormes em que a criança não fica confinada a um espaço de 1m2. a minha bekas teve um que usou até aos 5 anos. vai fazer 7 agora em março. era óptimo! mandei vir de fora, na altura não havia nada disto cá. deixava-o sempre na sala, os brinquedos lá dentro (um truque para estar mais ou menos arrumado e era só atirar de volta lá para dentro na hora dw dormir 😀). quando propício, eles podem entrar e sair sozinhos, ou trancar a porta para não se escapulirem. aconselho mesmo!
      estes:

      https://goo.gl/images/TQhcXU

      Eliminar
  4. Comprei igual para o Dinis com o mesmo intuito. Agora o Duarte também usa :)

    ResponderEliminar
  5. A minha teve um jumperoo fisher price nao da para sair do lugar e ela adorava saltar e andar a bricar e a mim deu-me imenso jeito para fazer as pequenas coisas :)

    ResponderEliminar
  6. Nao e para desmoralizar mas e so uma dica.Andadores nao promovem o desenvolvimento fisico do bebe.Nao ira andar mais cedo e muito pelo contrario,so prejudica.Em suma,nao contribui em nada para o bebe.Qualquer pessoa sabe disso,acho eu.Este e um facto.Agora,cada qual faz as suas opcoes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nao uso para promover o desenvolvimento fisico do meu bebe, uso 10 minutos por dia, se tanto, para conseguir fazer peqenas coisas, tenho um high need baby e estou quase sempre com ele ao colo e no marsupial mas ha coisas que nao da, tipo tomar um duche. lol fico a olhar para ele. alias nem o uso como andador mas como centro de jogos, o que lhe quiserem chamar. sempre odiou espreguiçadeira e enquanto nao anda nem gosta de etar deitado, é o que me vai safando a vidinha. os estudos que sao feitos baseiam-se em utilizacoes de quantas horas? os bebes "atrasados" estiveram la presos dias a fim, nao? Sou pelo uso moderado das coisas, sem grandes stresss. Hoje em dia os andarilhos ja nao sao perigosos assim! pelo menos o que comprei nao é...

      Eliminar
    2. Eu quando comprei um igual também me contaram histórias do arco da velha de 1960. Na altura chamavam-lhe aranhas e os miúdos andavam horas a fio naquilo, até lhes davam comida lá. Não me pareceu que fosse esse o uso aqui, nem de qualuqer pessoa minimamente consciente. Por acaso nao usei como andador, usei como baloiço, que é o que a bebé esta a usar no vídeo e depois a minha filha usou para empurrar, quando começou a dar os primeiros passos, já sem o assento. Zero problemas! Acho que tudo depende do uso que se faz das coisas! Conta peso e medida Bjs Joana, a Luisinha está uma fofinha

      Eliminar
    3. Os meus dois filhos usaram aranha, normalíssima do hipermercado. Ambos começaram a andar aos 11 meses e não houve nenhum acidente com o dito. Os estudos valem o que valem, o bom senso tem de prevalecer. Os meus adoravam andar lá de um lado para outro da casa, e sempre com supervisão claro. Sou sincera nem é do tipo de coisas que eu peça opinião à pediatra!

      Eliminar
  7. O problema dos andarilhos nao é a segurança em si mas o contraproducente e perigoso que é para a criança. Dificulta e em muitos casos atrasa a aquisição da marcha porque nao promove uma distribuição correta de peso nos membros inferiores. A criança põe os pes de forma errada no chão porque nao tem peso associado e adquire defeitos de postura graves. Falo, infelizmente, com conhecimento de causa. Nao é à toa que sao proibidos em varios paises e profundamente desaconselhados por pediatras. Mas... a mae é que sabe e o filho não é meu! Ana Rodrigues Maia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente a Ana tem razão. Não entendo como ainda não é proibido em toda a Europa. Apesar de já serem seguros prejudicam mesmo o desenvolvimento e aprendizagem da marcha. Mas cada um é que sabe o que faz com os seus filhos...E quando as mãe que dizem que os filhos andaram aos 4 meses a usarem dessas gerigonças (sem apoios e logo a correr a maratona) ficam a saber que algumas "sequelas" manifestam se mais tarde. Eu sei que é muito chato quando começam a andar( aquele constante debruçar da cabo das nossas costas) e eu sei que precisamos de ir fazer um chichi de vez em quanto(aí a opção parque parece óptima) mas lembrem se que estamos a falar do desenvolvimento dos vossos filhos...

      Eliminar
  8. Que boneca que ela é!
    Era a parte mais importante deste post, certo? ;)
    Não aderi aos andadores por opção portanto percebo perfeitamente quem tenha feito o contrário porque a mãe é que sabe! ;)

    ResponderEliminar
  9. Atrasa? Ainda bem que os meus dois filhos começaram a andar com 9 meses e 10 meses cada, com andarilho cá em casa. Imaginem se não tivesse usado! Aos 6 meses ja andavam! ;) Não, não passaram lá a vida, usavam pouquinho! Deve ser esse o segredo, como em tudo aliás

    ResponderEliminar
  10. Eu aderi, não para mim LOL, para a princesa.
    Não passava lá o dia, brincava, dava pequenas corridas e divertia-se à brava.
    Se atrasou os primeiros passos, não me parece... antes dos 12 meses andava sozinha e sem apoio.
    Tudo tem de ser com conta, peso e medida, e estas coisas não são excepção, claro.

    ResponderEliminar
  11. Ola Joana, eu tambem vou fazer BLW com a minha pequena... vou começar aos 6 meses siempre e quando veja que ela cumpre com os requesitos todos... neste momento estou a empaparme de informaçao e gosto muito de ver testemunhos porque é sempre tao bom ver que realmente funciona quando parece que toda a gente por desconhecimento está em contra, quando realmente antigamente a comida realmente era introduzida com BLW... ninguem tinha varinha e era um salve-se quem pode jejeje!
    Faz lá um post sobre isto! se tens dicas, agradecemos desde já!!

    ResponderEliminar