sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

aDIU aDIU! Já fui pôr o Diu!

Já fui pôr o DIU. Tenho colegas tão novas que acharam que ia ser eu a metê-lo na casa de banho. Que queridas. Não, não fui eu a pôr. 

Fui à minha GO que é um amor de pessoa, super relaxada e tranquila, com sentido de humor e tudo. Não sei porquê, acho que a parte do sentido de humor também é importante numa ginecologista-obstetra. Nem que seja porque como me vê em situações que estou mesmo muito nervosa, sempre consegue fazer-me rir. Tive uma que não era assim e que tinha as unhas muito grandes. Ah! Além das unhas, tinha uma câmara para ver dentro de mim e cujo ecrã também estava visível para mim. Não sei porquê, mas dispenso. Dispensei. 

Para ver o meu pipi na televisão, ao menos que seja depois de ter passado um recibo verde a alguém. Assim, não. 

Fui. Estava nervosa. Quando entrei na sala, a médica já sabia porque a recepcionista já se tinha descosido toda (com boa intenção, claro). Depois de mais uma breve explicação de como iria tudo acontecer, lá me fui "pôr a jeito". Nunca será agradável estar naquelas camas. Aliás, agora faço tanto ginásio que o meu instinto ainda foi procurar pela barra olímpica para fazer uns pull ups (o meu PT se lesse isto iria ficar orgulhoso - só não lê, porque não sabe! - brincadeira!!! lê livros e tudo!).

Tirei só para vos mostrar.
Ahahah!
Depois do habitual afastamen... porque é que vos estou a contar isto? Bem, vamos lá ao que interessa: deu. Doeu ao ponto de me terem saído uns dois f* e de ter dito umas 40 vezes p*ta na cabeça. Parece que tenho o útero em itálico e o facto de estar amenorreica não me permitiu ir menstruada o que faria com que fosse tipo side and splash só que para dentro - do que percebi. 

Mesmo com um ben-u-ron no bucho, nada evitou que eu sentisse dor muito semelhante às contracções do parto. Não gostei e só isso me deu algum alento de que me estava a proteger contra isso mesmo de que estava a sentir. 

Depois de meia hora a sentir pena de mim própria, fui trabalhar a sentir aquelas dores chatas de período e às 8h da noite com outro bur no bicho já não senti nada. Hoje fui treinar e tudo. 

Durante 5 anos não tenho que me preocupar com o facto de estar dotada do poder de gestação e, segundo consta, vou andar com muita mais vontade de "ir aos treinos". Além de que estou curiosa para ver como reage o meu problema de pele na cara à "ausência" da pílula e, já agora, se me vai ajudar na minha emotividade toda com a comida. 

A ver quem é a Joana menos drogadinha com hormonas. Cuidado! 

PS (como se isto fosse uma carta, adoro as bloggers que escrevem posts como se fossem cartas e que cumprimentam a malta e se despedem no fim, imagino-as sempre a lamber a cola do envelope e a saírem com um ar gratificado do correio) - só me custou 30 e tal euros porque isto é altamente comparticipado. Parece-me uma boa opção para quem ande a pensar "mais filhos nos próximos anos não" como eu! 

:::::::::::::::::::
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui
O nosso canal de youtube é este

34 comentários:

  1. Joana, lamento informar-te que, no que à comida diz respeito, não notei alterações nenhumas com o Mirena - continuo a ter a TPM e a sentir desejos de devorar o mundo dos chocolates e o das batatas fritas todos os meses. Mas de resto, nada de anormal :)

    ResponderEliminar
  2. A parte do doer muito tira-me logo a vontade de pensar sequer nisso daqui a uns tempos. Se calhar depois de passar pelo parto, já não tenha medo das dores...ou tenha ainda mais!!! Mas parece uma boa opção, realmente! 😉

    ResponderEliminar
  3. um ótimo método, infelizmente ao fim de alguns anos tive de retirar porque comecei a fazer muitas infecções urinárias... felizmente quando tirei o DIU as infecções desapareceram... não se pode ter tudo

    ResponderEliminar
  4. Também coloquei o DIU há tempos e identifiquei-me com todos os f#€* e p'*#. Depois de fazer a ecografia para verificar se tinha ficado bem colocado, fiquei para morrer quando a médica me diz que não estava! Estava a "meio do caminho" segundo ela! Pensar em ter que o tirar e colocar outro, deixa-me em pânico. Não quero passar por isso outra vez... Mas lá terá que ser, já que o ET não está aqui a cumprir a sua função. :(

    ResponderEliminar
  5. Eu conheço tantas crianças-filhas-do-Diu!!!!! São tantas mas tantas, que eu cá, mesmo não querendo mais descendência, prefiro a camisinha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também conheço!! Para além das infecções quistos etc. que provoca...

      Eliminar
  6. A Joana colocou e eu hoje retirei o diu de cobre e como foi sem estar menstruada também senti tudo...c´um caneco...

    Qual foi o diu que colocou?

    ResponderEliminar
  7. Obrigada pelo seu relato, visto que também vou colocar um. Já agora a título de curiosidade, se o fosse colocar no seu médico de família nao pagaria nada, visto que faz parte do planeamento familiar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falando com conhecimento de causa, nem todos os médicos de família se sentem à vontade para colocar o DIU.

      Eliminar
    2. Isto para não falar não falar que são médicos de clínica geral e não ginecologistas/obstetras, ficando as pacientes em risco... perfurações de útero, etc. é triste mas verídico! Vale o esforço de pagar uma consulta!

      Eliminar
    3. O meu médico de família não coloca. Por isso encaminhou-me para outra médica. No meu caso correu muito bem. A colocação foi muito semelhante ao exame do papanicolau com uma ligeira cólica.

      Eliminar
  8. Eu vou tratar disso já hj eheh, mais pela perda d peso, pq se kero engravidar outra x, tenho q perder peso, a pílula é a sem paragem e esta-me a fazer retenção d líquidos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perda de peso??? Ahahahah!! Falo por mim e põe amigas que também colocaram, pode esque ver a perda se peso se tiver sorte pode ser que consiga manter o peso

      Eliminar
  9. Tenho uma amiga que diz que um dos filhos é um filho DIU. E porquê? Porque o miúdo foi concebido e nasceu apesar de haver um DIU! :o

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ginecologista deve ter informado que o DIU não impede que engravide... impede que o embrião se fixe nas paredes do útero, a fecundação ocorre nas trompas

      Eliminar
  10. Eu também coloquei em Junho passado e ia cheia de medo.Mas para quê ter medo do desconhecido,depois de ter tido dois partos ( 1 normal e outro cesariana (mais 1 aborto que teve de provocado)), isto de certeza que não podia doer tanto. E não. Correu lindamente senti só o fixar no útero de resto tudo fantástico. Um dia igual a tantos outros

    ResponderEliminar
  11. Pois... é tudo muito bonito Joana, mas eu tenho um segundo rebento graças a um Mirena... e não estava fora do sítio, mal colocado, não tinha dado tombo nenhum.... nada! Quanto a TPM é tudo igual acrescentando o fato de muitas vezes nem saber a quantas anda com a menstruação. Boa sorte!

    ResponderEliminar
  12. No meu caso tambem me doeu bastante a colocar...as menstruacoes muito mais abundantes, mais vontade de ir aos treinos. Mas quando fiz a ecografia para verificar se estava no lugar..tinha deslocado! Tive que retirar e nao quero por outro nrm pensar. Agora uso o anel vaginal.

    ResponderEliminar
  13. O Mirena é hormonal, é natural sentir muito do que sentia com a pílula ;)

    ResponderEliminar
  14. Já vou no meu terceiro Mirena. Já o usa há precisamente 13 anos e até agora não tenho que reclamar. Tudo tranquilo a parte mais chata é precisamente o colocar... A mim custou-me muito. Boa Sorte!
    Carla

    ResponderEliminar
  15. Tenho DIU, desde abril/2016 é o normal, segundo minha médica de família, o com Mirena é aconselhado para quem tenha muito fluxo ou tenha problemas de tensão. Pois, se sair do sítio, podes engravidar na mesma. Fiz eco antes e depois, a colocação foi normal, sem dores, apenas desconforto durante e horas depois, que com paracetamol passou. Tenho 43 anos, ainda estou a amamentar. Só tive período quando minha filha completou 1 ano, em outubro. Agora é de 2 em 2 meses, tenho TPM na mesma todos os meses e sempre vem na mesma altura do mês. É uma tranquilidade, não ter de se preocupar se tomou ou esqueceu de tomar a pílula,náuseas, mal estar ou dores de cabeça. Em termos financeiros foi custo 0,assim como a pílula era, tenho consulta de Planeamento Familiar, na minha Unidade de Saúde e uma excelente Médica. Sorte para todos e todas,sempre.

    ResponderEliminar
  16. Não me doeu nada pôr o DIU, talvez por estar com o período, fez o tal efeito "slide and splash".
    O problema foi que me aumentou muito o fluxo (o meu era o DIU de cobre, não posso tomar hormonas por causa de uma doença que tenho), ao ponto de ter que usar pensos de incontinência!
    Aguentei 6 meses, mas depois de umas análises onde a médica viu que eu tinha anemias, decidimos em conjunto tirar.
    Tirar ainda foi mais fácil do que o por, e olha que não estava com o período!
    É uma questão de hábito... Quando essa primeira fase estiver ultrapassada (suponho que tenhas posto o Mirena) a tua vida vai ser feliz, feliz ��

    ResponderEliminar
  17. Eu coloquei o meu MIRENA há 4 meses sensivelmente e custou-me um pouco por ter passado apenas 1 mês de ter tido a minha terceira bebé. De resto sinto-me lindamente nao tenho menstruação, o wue adoro, mas confesso que ando sem vontade de "ir aos treinos" 😜. Bem com tudo o que li fico preocupada pois se a coisa corre mal e vem um quarto rebento nao sei não 😄....

    ResponderEliminar
  18. Sem querer desmotivar... uma amiga engravidou com DIU... de gémeas. Hoje têm 9 anos.
    Mas ela é daquelas que engravida com o ar...
    Just saying...

    ResponderEliminar
  19. Uma amiga engravidou com DIU... de gémeas... hoje tem duas meninas de 9 anos. Mas ela é daquelas que engravida só de olhar. Just saying...

    ResponderEliminar
  20. Eu tenho o meu parado aqui em casa. Comprei mas depois disseram me que tinha hormonas e então entrei em pânico... É que não me apetecia nada engordar por causa de um DIU. Mas vou ter de o pôr. É o mirena.. será que engorda?Sei que é um método de barreira mas a parte das hormonas.. enfim!

    ResponderEliminar
  21. Infelizmente comigo não correu muito bem... Coloquei-o e realmente foi um bocadinho doloroso a ponto de quase desmaiar...!! Passado cerca de 6 meses,enquanto fazia exercício fisico, tive uma dor abdominal muito forte,e para meu espanto ele tinha-se deslocado!! A minha obstetra achou muito estranho ele ter-se deslocado, pois segundo ela não é comum que isso aconteça, visto isso não ter acontecido nos primeiros tempos...

    ResponderEliminar
  22. Credo oh Joana,com essa descrição ainda bem que não pus! Estive quase a fazê-lo porque também não penso ter mais filhos nos próximos anos e tenho enxaquecas,pelo que as opções com muitas hormonas não são boas para mim. Mas depois de conversar com a minha médica acabámos por decidir primeiro regressar à cerazette,com que me dei bem,e que por ser pílula só de progesterona é menos agressiva hormonalmente. Também já me conheço sem hormonas porque estive muito tempo sem as tomar e sinceramente não notei diferença nenhuma. Além disso a pílula protege contra quistos e coisas dessas e não me chateia não ter o periodo. Agora somos felizes juntas,a cerazette e eu ;)

    ResponderEliminar
  23. Eu coloquei o Mirena há um mês e meio. Doeu um pouco mas foi rápido. Depois tive dores tipo mestruais. Agora o que chateia é as perdas constantes que dizem serem normais nos 3 primeiros meses. Mas vejo que há muitos filhos DIU e isso não me deixa tranquila. Se bem que o médico disse ser mais eficaz e seguro que a pílula.

    ResponderEliminar
  24. Tenho o Jaydess há 1,5 ano e até agora só posso dizer maravilhas. Fluxo reduzido e só de 3 dias, ciclo regular, fim das brutais enxaquecas, fim das horríveis dores de barrriga. A colocar tive um pouco de desconforto, mas nada do que me pintavam! O melhor? Além de acabar com a pílula, melhorou tudo, pele também e inclusive uns valores de colesterol que os médicos já me tinham aconselhado comprimidos para combater. Pois bem, larguei a pílula e não houve mais colesterol alto. Sempre normal! Dura 3 anos e tem uma ligeira componente hormonal.
    Sem dúvida método de eleição

    ResponderEliminar
  25. Joana, a parte do descansada é relativa... No meu caso, quando fui à consulta de rotina após os 3 meses, a GO detetou que estava deslocado e foi uma sorte não ter engravidado (tinha dores agudas mas achei que podia ser normal), voltei a reposicionar e 3 meses depois voltei à GO, voltou a sair do sítio e acabei por tirar nessa consulta... Conheço casos de sucesso, infelizmente não foi o meu, mas os primeiros 3 meses foram óptimos sem preocupações de esquecimentos. Espero que corra tudo lindamente. Bjs

    ResponderEliminar
  26. Bom dia, há idade ideal para por o DIU ? Podemos por se ainda nao tivemos filhos?

    ResponderEliminar
  27. Estou baralhada. Mas se o DIU que puseste é o hormonal, como é que ficas com mais vontade de ir aos treinos e ingeres menos hormonal (bom, não ingeres. Não é por via oral... ;-) ) ? Afinal, puseste o de cobre?

    ResponderEliminar
  28. Joana,
    Faça lá um update do seu mirena :)
    Estou indecisa entre o mirena e o de cobre... não me apetece ter menstruações de duas semanas (cobre) mas tb não me apetece andar inchada e sem "vontade" (mirena)... como foi consigo? O balanço é positivo?

    Obrigada
    Ana

    ResponderEliminar