quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

O melhor de ser mãe.

Esta é a lista que faço agora quando ela tem praticamente três anos. Claro que vai mudando com o tempo mas, para já, sinto-me grata por tudo isto. 


- Dar-lhe banho.

Quando era  bebé gostava ainda mais. Como dava sempre ao final do dia, era a única altura em que ela ficava mesmo calma e eu também e dava para descansar um bocadinho a cabeça. Agora adoro porque é algo onde ela fica entretida durante algum tempo e depois, com o cabelo molhadinho, fica a parecer a Necas de quando era muito pequenina. Porém, não dou banho todos os dias. Não sinto que seja necessário e assim temos mais tempo para brincar.


- Ouvi-la falar

A voz dela, a construção frásica cada vez mais elaborada e os enganos cómicos derretem-me por completo. Gosto também quando partilha coisas comigo sem que eu pergunte. Ontem foi: "A Sara (educadora) deu-me umas bolas amarelas verdes moles, a mãe depois compra?". 

- Ver a imaginação a desenrolar-se

Começar a vê-la a aprender a brincar sozinha e a entreter-se. Ver que já sabe inventar e que até tem dois amigos imaginários que são (!!!!!!!!!!!!!!!) um escorpião e uma aranha e que vão com ela para todo o lado.



- Saber que o meu afecto é importante

Quando ela precisa de mim (e mesmo quando parece não precisar), saber que ela se acalma e gosta do meu carinho. Sentir o corpo dela junto ao meu, entregue. 

- Ver que a informação entra

Gosto quando ela nos corrige ou nos faz reparos que já lhe fizemos. A cabecinha dela funciona e está mesmo atenta. "Mãe, não se põe a faca na boca!". "Pai, isso tem muito açúcar, tens de comer pouquinho!".

- Vê-la a gostar de outras pessoas

Além de adorar a educadora Sara e dela ser a mãe da escola, tem uma paixoneta deste o Verão passado por um rapaz chamado Rúben (nunca mais o viu, mas ainda fala dele), tem um crush por uma amiga da família da Joana Paixão Brás, a Dulce, adora os seus avós e está cada vez mais carinhosa com eles.

O ano passado, quando conheceu o Rúben.

- Quando ela se impõe

Gosto quando ela me inibe de fazer alguma coisa por ela! Naturalmente vou perguntando se ela precisa de ajuda para alguma coisa mas, orgulhosamente, põe-me no lugar e diz que quer tentar. Quando consegue (geralmente só se atreve para coisas que consiga) olha para mim com uma vaidade de si mesma... é das coisas mais bonita.

- Quando olha para o pai para ter a aprovação dele

No outro dia estavamos a brincar aos Legos e ensinou-me a por a pá do boneco na mão como o pai lhe tinha dito e depois olhou para o pai para ver se ele tinha ficado contente por ela se lembrar. Tanto amor e carinho naquele olhar, tanto.

- O sentido de humor

Mesmo quando chora, conseguir achar piada a qualquer coisa, nem que seja por lhe ter saído uma bolha enorme de ranho pelo nariz. Fazer já as suas piadas e adorar fazer com que os outros se riam.


Vê-la a ser sem que saiba que eu estou lá

Quando chego à escola sem que ela repare e consigo vê-la a ser pessoa. Ver que existe, que se move, que interage, que brinca... 

Adormecê-la

Uma grande guerra desde sempre, mas acabou. Adoro adormecê-la e adoro ouvi-la respirar. Adoro abraçá-la para que ela se relaxe e  não sei para quem mais é aquele abraço. Se para ela... ou para mim.




:::::::::::::::::::
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui
O nosso canal de youtube é este

31 comentários:

  1. Eu sempre dei banho todos os dias à minha filha.
    Quando eles são pequeninos e não se mexem tanto, até compreendo que não se dê todos os dias.
    Mas a partir do momento que eles vão para o JI e já mexem em tudo, brincam, brincam e brincam, usam a casa de banho, almoçam na cantina, um banhinho é o que se quer!

    ResponderEliminar
  2. <3 isto tudo, querida Joana. isto tudo. <3

    ResponderEliminar
  3. Tanta paranoia com as viroses e depois não lhe dá banho todos os dias, sabendo que vem da escola carregada de virus. Também não entendo em como é que o banho interfere com o tempo disponível para brincar...
    Eu sou incapaz de não dar banho aos meus em dias de escola, por sistema. Claro que já houve exceções (ir a um aniversário, por exemplo, e já chegarem a dormir), agora,por sistema, não.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Partilho da mesma opinião, um banhinho ao fim do dia são o quê ? 10 minutos? Depois de um dia de escola onde vêm a cheirar a "bebé cozido", um banho só faz bem.

      Eliminar
    2. É especial de corrida???? LOLOL

      Eliminar
    3. Eu também não foi banho todos os dias no inverno, o meu filho tem 3anos, mas ele não anda no infantário...

      Eliminar
  4. Mas a decisão de dar banho diariamente, ou não, não é dos pais?! Toda a gente tem de opinar... Gostei muito da partilha, como sempre. Com ou sem banhos diários!!! 😆

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa... concordo contigo Helena...
      Sem tirar nem por uma virgula.
      Há sempre uma opinião, já o dizias tu no teu post (aventuras da gravidez) :)
      LOLOL

      Eliminar
    2. Toda a gente tem de opinar assim como a Helena e a Carla o estão a fazer!

      Eliminar
    3. A Carla e a Helena não estão a opinar na decisão de uma mãe, fazendo críticas à sua decisão da frequência de banhos da sua filha! A filha é dela, problema dela!

      Eliminar
    4. Aprendi muito hoje aqui. Opinião é só e apenas quando acompanhada de concordância. Opinião contrária passa a crítica. Tá...

      Eliminar
    5. E eu a pensar que o problema era meu! Mais descansada.

      Eliminar
  5. Joana Gama tu tens bué haters aqui 😂😂 o limite da fama, quanto mais famosa mais haters!! Parabéns pela menina linda 😜

    ResponderEliminar
  6. Joaninha...
    Assino tudo o que descrevestes aqui...
    Tudo!!!
    A hora do banhinho, as brincadeiras, as "paixonetas" e amigos imaginários... tudo...
    Acompanho o vosso blog desde que a minha M. nasceu... e em Abril fará três anos e identifico-me com tudo o que escrevestes aqui...
    Beijinhos bons para vocês :)

    ResponderEliminar
  7. Amei o texto! É tão isso! Tenho um de três anos e é maravilhoso ver essas interacções deles.
    Também não dou banho todos os dias, só no verão. Para quem chega a casa às 19h, dar banhos e fazer jantar roubam muito tempo de brincadeira sim. A maior parte das pessoas que conheço com filhos destas idades também não dá banhos diariamente no inverno.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois os meus sempre tomaram e principalmente nestas idades em que andam imenso pelo chão.

      Eliminar
    2. A minha filha de dois anos e meio tomar duche todos os dias exceto o cabelo, no inverno lavo o dia sim dia não, de verão todos os.dias por causa do suor. Agora o corpo e todos os dias!

      Eliminar
  8. Também gosto disso tudo na minha!!! E ela fez já 3 anos sábado... :)
    É tão giro vê-las desenvolver enquanto pessoas!

    ResponderEliminar
  9. Meu deus, quando não há nada de bom a dizer mais vale não dizer nada! Cada um sabe de si, e dos seus filhos... Quem não gosta, ou nao concorda, não siga o blog. Agora comentar só para dizer mal, enfim... Mas depois somos todos pela 'parentalidade positiva'...
    Go Joana, go! 😍 Tudo de nom!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu até concordava com a Susana se tivesse lido algum comentário ofensivo. Agora porque um diz que dá banho todos os dias e o outro diz que não?

      Eu por norma dou banho todos os dias. Desde sempre que no banho não existem brinquedos e assim que possível começaram a tomar banho de chuveiro (15 meses). É muito rápido.

      Eliminar
  10. Olá Joana! A guerra de adormece-la acabou naturalmente ou há algum truque? Tenho uma menina de 4 meses e dormir é a nossa maior dificuldade... De dia só faz micro-sonos e à noite demora muito tempo a adormecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A irene tá a poucas semanas de fazer 3 anos! Acha comparável a sua de 4 meses? Todos os bebés tem inúmeras gases! Tenho uma filha com duas anos e meio e a partir dos 2 meses começou a dormir 10horas até fazer 1 ano! Quando mudou radicalmente! Cerca de meia hora para adormecer acorda várias vezes por noite! Agora adormece em 5minutos na cama dela mas todas as noites levanta se a meio da noite e vem ter comigo a cama!
      Tenha calma e não ha milagres! Os bebês tão sempre a mudar!

      Eliminar
    2. Obrigada pelas dicas! Não estava de todo a querer comparar uma criança de 3 anos com um bebé de 4 meses. Só tenho curiosidade em perceber se essas alterações de sono ocorrem naturalmente ou se há alguma coisa que nós (mães) possamos fazer para ajudar :)

      Eliminar
  11. Sou a autora do 1º comentário deste post e não quis dizer que a Irene é uma porquinha e não sou hater nenhum. Já comentei outros posts das duas Joanas e fui buéeees de simpática!!!
    As miúdas são buéeeeees de giras, mas isto é um blog e eu adoooooro dar opiniões e pumba... dou! Mai nada!
    As Janas são bem crescidinhas para aguentar isso, não acham???

    ResponderEliminar
  12. Coragem para aturar estes comentarios 🤘🤘🤘

    ResponderEliminar
  13. Lindo Joana! Que texto bonito :)
    Cisca

    ResponderEliminar
  14. Sou vossa leitora desde sempre mas julgo que nunca comentei. No entanto hoje não podia passar! Tenho um filho com quase 3 anos e ler este post foi rever-me em tudo! A ternura com que falas sobre a tua filha é excepcional e depois aparecem comentários aos números de banhos? Como?! Como é que de post tão meigo, genuíno e sincero a única coisa que tiram é isso?! Enfim, Joana por aqui os banhos no inverno também não são diários!

    ResponderEliminar
  15. Que texto tão bonito joana :) não se aguenta tanta gente a comentar sobre o banho! as pessoas sentem se atacadas quando alguém faz algo diferente delas, depois têm de criticar os outro em voz alta para se convencerem de que elas é que estão certas! Calma, na idade adulta já se esperava que soubessem que não há uma só forma de fazer as coisas! não ligues :)

    ResponderEliminar
  16. Dar banho ao meu filho inclui brincadeira na água e demora 15 minutos...

    ResponderEliminar