domingo, 5 de março de 2017

3 coisas que me fazem perder peso.

Talvez esta vos pareça a lista mais parva de sempre, mas a verdade é que o meu cérebro de pessoa cansada e de mãe que está em casa (e por isso sempre a um passo da cozinha...) precisa de motivações extra para fazer refeições saudáveis e não embarcar na loucura da comida como forma de me confortar. Tenho tendência de comer compulsivamente e se não for uma pessoa organizada tudo se torna ainda pior. 


#01 - ter água com aroma num jarro bonito.

Tinha ali um dispensador das festas de anos a ganhar pó e lembrei-me: se eu dantes andava sempre com garrafas de água na mala, por que é que agora também não me "obrigo" a beber mais água? No verão esta tarefa é mais fácil, o meu corpo pede (então a amamentar, ui!), mas no inverno, não fossem os chás e raramente bebia água. Agora tenho ali na cozinha o meu dispensador cheio até lá acima com dois morangos, rodelas de limão, hortelã e frutos vermelhos. Amanhã, faço com pepino, limão e hortelã. Além de me dar um bom astral do caraças e de ficar lindo na bancada da cozinha, é como se tivesse um alarme constante a lembrar-me de beber água. 



#02 - comprar pratos novos.


Talvez seja um bocadinho fútil, mas eu como com os olhos e se estiver a empratar num sítio bonito fico mais feliz. É como se a imagem de uma taça bonita azul e branca cheia de fruta e sementes, o amarelinho do ovo escalfado com o verde dos espargos al dente num prato totalmente branco me preenchesse logo ali 1/4 do estômago e me fizesse produzir logo ali umas quantas endorfinas. Faz-me bem fotografar mentalmente cada refeição como se fosse parar ao Pinterest. Dois ou três pratos novos, baratuchos, dão-me logo para um mês cheio de vontade de cozinhar.



#03 - ter a cozinha arrumada.


Esta devia ter vindo logo em primeiro. Quem diz a cozinha, diz a despensa, diz o frigorífico. Ontem demos uma razia cá em casa, mandámos porcarias que tinham validade em 2012 (sim, não gozem!) fora, arrumámos o móvel da despensa, reorganizámos frasquinhos de sementes, destralhámos a bancada e deu-me logo vontade de fazer granola caseira e testar as barritas da Joana Gama (receita aqui). E ainda cortei morangos e bananas aos pedaços e congelei para quando me der vontade de fazer um gelado. Não há nada mais importante para a minha cabeça do que ter os ingredientes e os alimentos ali à mão de semear, para que possa ter ideias de refeições e não cair na tentação de fazer massa com atum. Aliás, fomos às compras já com várias ideias para os jantares e almoços, o que facilita tudo na hora h e evita o desperdício. 

Espero que tenham gostado. Boas refeições!

*perder peso não é o meu objectivo principal, mas sim ter um estilo de vida mais saudável
............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

6 comentários:

  1. Essa cozinha /despensa é mesmo a tua?! 😱

    ResponderEliminar
  2. Opaaah ainda hoje de manhã (sim logo pela manhã)vinha a pensar o que fazer para o jantar e decidi hum massa de atum que se lixe!!Mas tens toda a razão se organizarmos as refeições previamente além de escolhas mais variadas e saudáveis poupamos tempo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tempo e algum dinheiro, na minha opinião :)

      Eliminar
  3. Ontem também estive em arrumações dos alimentos bons ehehehh estavam num armario mais pequeno e neste momento ganharam o lugar dos ingredientes de doçaria... soube mesmo bem ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Uma cozinha arrumada e organizada é meio caminho andado para que tudo corra bem! Beijinhos*

    ResponderEliminar