domingo, 21 de maio de 2017

Fui ao Olivier de Ténis, aceitável?

É que nem pensei muito no assunto. Nunca penso. Raramente, vá. A verdade é que eu acho que tenho um free-pass para me vestir como eu quero já que sou eu quem me veste. Se depois me sinto desconfortável qb quando vejo toda a gente com uma indumentária diferente? Sim, mas não consigo evitar. Eu visto como me sinto e não tanto para onde vou. Se isso faz com que às vezes pareça estar a ter um esgotamento nervoso e noutros pareça que vou almoçar ao Olivier mas vá para o meu ginásio? Sim. Não sei ser de outra forma. E, depois, também tenho um emprego que me permite (acho que - na volta faço a mesma coisa há 10 anos por ser tão pouco formal na minha indumentária, haha) ser quem eu sou. Não tenho essa dualidade da "Joana profissional" e da Joana normal. Também não tenho a "Joana eventos" e a "Joana fotografias profissionais". Prefiro o desconforto de não estar vestida como manda a "etiqueta" do que andar disfarçada. Às vezes, se o desconforto no geral for muito, simplesmente não vou ao sítio. Até que ponto é que devo ir a sítios nos quais não me sinta integrada? Com que intuito? Claro que devemos sair para fora da nossa "zona", mas é quando compensa. 

Sei ou senti que para blogger não era este o aspecto que esperavam (pode ser só projecção minha, na volta nem pensaram nada sobre mim haha). Primeiro, não sou blogger. Tenho um blog, é diferente. E não é um blog pipi (pelo menos a minha parte, ahah), é um blog de maternidade, de mulheres que são mães e que pretende ser realista. Fui ao Olivier e fui como me vesti para trabalhar. Fui almoçar com a minha Susana (que disse nunca ter ido a nada tão finório) e voltamos com esta comidinha toda no bucho e uma quebra de rotina a meio de sexta.


Isto sou eu em blogger. Ahah.


 

 

Dois coktails sem álcool que nos fizeram sentir que tínhamos feito o check-in num hotel de 5 estrelas num destino qualquer paradisíaco (não que alguma já lá tenha estado).



A festejarmos o facto de eu já caber nesta camisola outra vez. :) 

Pormenores que fazem toda a diferença...

Eu sou daquelas totós que, quando gosta de algo que comeu num restaurante, repito. O bife de lombo, os carpaccios de melão ou o de peixe branco (disse a Susana que eu não como peixe) e o tártaro estavam muito muito agradáveis. Estou a babar-me toda. Por causa disto, que ainda só tenho 30 anos.
Têm ido almoçar calmamente com a vossa bff? Óptimo sítio... :) Não encham a barriga com os cocktails como nós, tentem moderar para conseguirem não sair de lá a rebolar... 


Restaurante: Olivier Avenida

........................................

Sigam-nos no instagram 
aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

4 comentários:

  1. Joana, desculpe a ousadia, mas separou-se do frederico? Partilhava muitas coisas com ele e agora já não.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já nem tem aliança e mudou o nome no facebook.

      Eliminar
  2. Como a Joana certamente o saberá, penso que o objectivo foi exactamente o de alargar o publico alvo para este tipo de restaurante. Nada é por acaso.

    Quanto aos estilos eu gosto de adaptar o meu às várias situações. Não gosto de rotulagem de estilos acho sempre um bocado acriançado: Tu és besta, casual, clássica, rocker....visto o que gosto e não estou a ligar a que tipo de estilo pertence.

    ResponderEliminar