quinta-feira, 18 de maio de 2017

Não sei ler!

Nunca fui uma ávida leitora, com hábitos regulares. Tenho vários amigos que são o Marcelo Rebelo de Sousa, um deles chega mesmo a ser o próprio (ahah imaginem), mas apesar de eu ter uma enorme vontade e o faze e de ter uns 32 livros em espera não o consigo fazer. 

Dantes dizia que era porque a Irene era pequenina e acordava imensas vezes por noite (faz a noite toda desde que fez 3 anos - yeahhhhhhhhhhh). Depois, cheguei a dizer que era porque era a única altura que tinha para estar no sofá em casal e, por isso, também não parecia o mais acertado. Agora, não sei porque será! 

Quero muito ler e não consigo! Acho que não sei ler. 

Mesmo assim, queria aconselhar-vos um livro no qual tenho dado uns toques desde há uns meses e foi a minha amiga Eugénia (psicóloga e hipnoterapeuta que me ajudou MUITO com a ansiedade como puderam ler aqui) que me indicou, conhecem? 




Aconselho vivamente. Vão se identificar com cada palavra do livro, mesmo que não seja do vosso presente. Levem convosco para a praia ou assim, nem que seja para ficar a fazer pressão psicológica como os meus... 

"Filha de um rei e de uma rainha intolerantes e severos, Vitória é uma princesa que sonha ser um dia libertada por um príncipe encantado, tal como nos contos de fadas. Porém, quando esse príncipe chega, nada acontece como ela havia sonhado. Seguindo os conselhos de um sábio, a princesa empreende uma emocionante viagem, no fim da qual descobre que os contos de fadas podem mesmo tornar-se realidade, embora nem sempre do modo como os idealizámos... 

A Princesa que Acreditava em Contos de Fadas é um livro inspirador e de autodescoberta que apela à reflexão sobre as fronteiras do sonho e da realidade, da infância e da maturidade... e sobre o milagre quotidiano que é a vida."

........................................

Sigam-nos no instagram 
aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

4 comentários:

  1. Olá, Joana.

    Sou uma ávida leitora, devoro todos os livros que consigo e só não leio mais porque não tenho tanto dinheiro como gostaria para os comprar. Mas entre comprados e emprestados lá se vai arranjando... ☺️ Estive um tempo em modo pausa por causa do meu pimpolho que nasceu à quase meio ano mas agora que voltei ao trabalho aproveito as viagens para ler... Acho que este interesse se cultiva de pequenino (aliás, quero começar já a partir dos 6 meses a ler para o T) e por isso acho mais difícil "pegar" em idade mais avançada... De qualquer das formas nunca é tarde, se calhar basta encontrar o livro certo para a fazer vibrar com cada página e sentir curiosidade para terminar aquele capítulo, aquele momento, aquele livro... e ficar com vontade de saber o que vai acontecer nos próximos livros que se seguirem... Não conheço o que aconselhou, apesar de já o ter visto nas prateleiras... Eu sou mais de "policiais românticos", como Daniel Silva, José Rodrigues dos Santos ou a saga Millenium... Mas claro que já li e continuarei a ler outros autores.
    Boa sorte nessa busca pelo livro perfeito que a vai fazer querer sempre mais e mais...
    Susana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Susana concordo quando diz que é um "interesse se cultiva de pequenino" e acho que o seu bebé vai adorar. Mas, da minha experiência enquanto mãe de uma bebé de 2 anos que ADORA livros, chegamos a ver e ler uns 20 de seguida, cujos pais são os dois iguais e "não sabem ler", numa fase inicial o melhor mesmo é encontrar livros para eles explorarem (estes foram os primeiros que oferecemos à C quando fez 6M http://www.fnac.pt/Primeira-Biblioteca-Animais-Varios/a528192?omnsearchpos=41 ) Adorou desde o primeiro dia e ainda hoje os vai buscar para ver (curiosamente nunca foi comedora de livros de cartão ahahah)
      A C só agora com 24M é que aceita uma história simples mas maior, numa fase inicial fugia sempre que tentávamos ler para ela e não demonstrava interesse nenhum contudo balbuciava, como se estivesse a ler, se a deixássemos ser ela a manusear os livros de cartão ;) Depois por volta dos 14/15M começou a demonstrar interesse por livros com pop-ups e janelas e pedia (e pede) para lermos a "istóia" e agora já lemos pequenas histórias.
      Felicidades

      Eliminar
  2. Ahahah Joana identifico-me em tudo!! Também eu acho que não sei ler... Gostava de saber, mas não sei! Tenho os livros sempre em espera, um absurdo!
    Se forem livros cujo assunto me interesse mesmo (psicologia, educação e afins) consigo ler, mas se for um daqueles livros para distrair a mente não consigo. Eu bem quero e tento mas ao fim de meia dúzia de páginas fica eternamente esquecido...
    Será que há ajuda possível? ahahah
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. 😊 também me recomendou e tenho andado preguiçosa para o comprar, deste fim de semana não passa! Beijinho grande Joana 😘

    Carolina

    ResponderEliminar