quinta-feira, 10 de maio de 2018

À minha amiga que acabou de ser Mãe

Meu amor,

Não é fácil. E é tão bom. E tu estás aí, tão longe de mim, e eu sem te poder dar um abraço.
As mães precisam de abraços. Principalmente as que acabaram de ter filhos.
E precisam de quem as ouça. De quem lhes pergunte como estão em vez de lhes perguntarem apenas pelos filhos.
E precisam de uma sopa feita e de roupa lavada. Isso sei que tens. Conforta-me saber que os teus pais estão contigo neste momento. E o teu maridão.
Mas eu queria estar aí. Queria dizer-te que compreendo as tuas angústias, as tuas dores.
Queria dizer-te que vai tudo melhorar. E que esses sentimentos tão díspares que convivem dentro de nós, de alegria e de angústia, por não conseguirmos controlar tudo, vão continuar vida fora. Mudam as razões. Apenas aprendemos a apaziguá-los. A domá-los. 
Mas tu estás a dar o teu melhor. E o teu melhor é o mais do que suficiente para o teu filho. Ele só quer o teu calor e ouvir-te cantar, tal como cantavas quando ele estava na tua barriga. E que voz... Ele só quer o teu colo, o teu cheiro, a tua pele. 
Ele tem-te como mãe e eu sei o quão sortudo ele é. Ele vai ter esses olhos rasgados e cheios de vida a olhar por ele a vida toda. Ele vai ter essa pessoa incrível a ler-lhe histórias e a mostrar-lhe o mundo. Que privilégio!
E tu mereces. Tu mereces tanto ter esse bebé nos braços. Que lindo ele é. Aproveita cada momento. Ouve-te. Ouve-te bem. O teu instinto fala mais alto. O teu amor fala mais alto.

Sejam muito felizes, meu amor.
Adoro-te. Mesmo muito.

Com amor, 
Joana


Luisa Starling Photography

Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:
E nos nossos pessoais:

1 comentário:

  1. Tão mas tão isto!!!!! Para ser lido no exato momento em que se vive isto... não antes (não se percebe totalmente) não depois (já passou e a forma como passou ficará lá para sempre)! Parabéns Joana pelas palavras, parabéns amiga pela Joana!!!

    ResponderEliminar