Mostrar mensagens com a etiqueta algarve. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta algarve. Mostrar todas as mensagens

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Voltava para a nossa casinha de férias!

As férias no algarve acabaram, mas para o ano espero estar lá batida. Não sou grande fã de confusões e, normalmente, o mês de agosto é muito dado a isso - praias cheias, restaurantes a transbordar - por isso, fiquei muito contente quando conseguimos ir na última semana de julho (já não acontecia há uns 7 ou 8 anos). Optámos, nos últimos anos, por Tróia, Comporta ou então Tarifa, em Espanha e, há dois anos, quando fomos até ao algarve, em agosto, arrependemo-nos um bocado. Muito caro para o que era, vizinhos muito barulhentos até altas horas, música alta das festas até altas horas, restaurantes cheios, para os quais só marcando com uma semana de antecedência (e, e...): não fiquei fã (e quem tem crianças pequenas sabe bem o stress que é quando não conseguimos que durmam descansados). 

Este ano tivemos sorte porque descobrimos um sítio que consegue reunir muitas coisas que gosto, sossegado, com boas praias, e foram as melhores férias de sempre. Principalmente porque fomos os quatro (e a Luísa já aproveita tudo, mar, areia, passeio) e o meu paizão também foi. Tinha saudades de passar férias com ele. Muitas, mesmo. Foi óptimo para ele, para as miúdas, que são loucas por ele e que até puderam adormecer no colinho dele, foram boas para todos. 

Não conhecia a Fuzeta e fiquei rendida. Só jantámos fora uma vez, na vila (umas sardinhas e uns camarões deliciosos e nada caros), a que se seguiu uma ida à festa com direito a gelados, a insufláveis e a bailarico (viram a Luísa a dançar nos stories?!). Voltei à Praia Verde (já não lá ia há anos) e descobrimos a ilha da Armona (onde estava um grande amigo nosso que fazia anos e fizemos-lhe a surpresa de lá aparecer). A praia fica longe para caraças, mas sobrevivemos, e compensou tudo quando vimos aquele mar (caraíbas portuguesas). 

Foi tudo muito bom, mesmo o que não foi. Com a confusão habitual de quem tem filhos, mas sem muito rebuliço extra. Calmo, dentro do possível. :)

No jardim da casinha de férias



:)

Em pose ah ah ah

Adoro esta foto!

São pouco malandras

Poncho salva-vidas :) Gordinhos

Abraços bons

Final de tarde na piscina

A apanhar o barco [Babywearing é uma Boba 4G à venda na Organii]

Os meus três

Fofinha tão feliz

Lanchinho na praia

A ir apanhar o barco

Postura mais adoptada nestas férias

Cúmplices

Ela bem tenta ;)

Na Armona, a construir memórias

Na Armona

Avozão

O único chapéu que se aguenta na cabeça desta miúda mais de 2 segundos; a camisola com protecção é da Imaginarium

A dançarem <3

A tomarem o segundo pequeno almoço do dia
 
Foi até ao fim do dia mesmo

Croquete (fato de banho Principessa)
Mais das nossas férias aqui e aqui.


Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade.

terça-feira, 6 de junho de 2017

Voltei à adolescência no Aquashow!

Foi assim que me senti quando entrei no Aquashow no fim-de-semana. Já não ia ali desde os meus 15 (?) anos e foi um baque e tanto. Como assim já passaram 15 anos? Como assim agora estou no Aquashow com duas filhas? É verdade. Quando ali fui foi com o grupo de amigos das férias do algarve - paixoneta incluída (ahah) - ainda muito longe de me imaginar ali com a minha prole. Continua o máximo, tudo arranjadinho, e com escorregas e diversões cheias de adrenalina, muitas novas que não havia quando lá fui. Eu sou das que ADORA escorregas de água. Esqueçam lá aqueles para gente mais arrojada que fazem loopings e coisas do género, que nisso não me apanham mais (já tive a minha dose de más-disposições e não vou ser mais gráfica que isto...), mas túneis, tubos e escorregas - com ou sem bóias - e barcos e cenas que levem água, SIM SIM SIM! Adoro, mesmo que me façam ficar sem fato de banho no percurso (já aconteceu).

No fim-de-semana, ficar num hotel a metros de um dos maiores parques em Portugal fez-me voltar a ter aquele friozinho na barriga e aquela adrenalina. Sentir-me-ia a transpirar das mãos se não estivessem já molhadas :) A Isabel adorou! Repetiu umas 20 vezes o escorrega amarelo e ainda hoje fala dos escorregas do polvo e da baleia. O bom daquele parque é que tem oferta enorme, para toda a família (até massagens tem, assim como alguns espectáculos com araras, etc)!

Mostro-vos as imagens daquela tarde de pura diversão. Quero voltar em julho que ficou muito por experimentar - o parque é enooooorme! :)


A Isabel a subir! Desceu no laranja, mas não achou grande piada a levar com tanta água na cara.





Disto é que ela gosta!

Foi neste que desceu 20 vezes (ou mais)


Bikini Calzedonia




Fato de banho Isabel Brilha Comigo





Já repetia.




























Macaco Xicalarica




Logo vos contaremos mais sobre o hotel.

Fotografias - The Love Project

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade. 



segunda-feira, 5 de junho de 2017

Smash the cake da Luísa

Não fazia ideia como é que iria correr o smash the cake da Luísa. Lambona como é, achei que fosse adorar, no entanto a textura das natas dizia-me que não ia achar grande piada. Ora a Luísa gostou e não gostou. :) Estranhou, gostou, repetiu, mas fartou-se rapidamente. Ficou um registo muito querido, pela lente da Joana Sepulveda Bandeira - The Love Project - e ficou um bolinho que, depois de bem mexido e lambuzado, veio parar à nossa barriguinha. Sim, porque, apesar de não ser muito doce (as natas não tinham açúcar), estava bem bom e húmido por dentro. E lindo! Maa - Que Seja Doce - talentosa como sempre!

Parabéns, Luísa! Mal caibo em mim de tanta felicidade ao ver-te a ser feliz, todos os dias.



















































Bolo - Que Seja Doce
Fotografias - The Love Project




Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade.