Mostrar mensagens com a etiqueta bébéconfort. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta bébéconfort. Mostrar todas as mensagens

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Ainda anda virada de costas no carro, 'tadinha?

- Anda, sim senhora. Andará até ter quatro anos, pelo menos.
- Então mas cabe? Não fica com as perninhas todas tortas, desconfortável?
- Não, nunca se queixou, parece-me que tem espaço suficiente.
- E não fica mal disposta?
- Não.
- Mas assim não vê a estrada, deve ser chato, tadinha.
- Ela lá se distrai com livros, brinquedos, peluches, canta, conversa connosco, vê-se ao espelho, não faz nada, olha para a rua, adormece.

Foi um adeus à cadeira da Bébé Confort Axissfix, que já tínhamos há quase dois anos, e um olá à 2 Way Pearl, que dá para ir de costas para a estrada até aos 105cm, 4 anos aproximadamente. Agora a Assixfix passará para a Luísa, basta lavar a forra e está como nova.


Porquê esta?

- cumpre a mais recente legislação i-Size, dá para ir em rear facing até aos 4 anos

- tem um bom desempenho de segurança

- tem um arnês easy-in, ou seja, é facílimo colocar o arnês (gosto mais até do que da Axissfix)

- tem várias opções de reclinação

- usamos com isofix, o 2wayfix, que tem sensor de som e com luzinha verde/vermelha para termos a certeza de que está bem encaixada


Do que tive pena:

- de não ter o 360º da Axissfix, que dá um jeitão para os colocar nas cadeiras; mas ela agora já colabora imenso e já sobe sozinha, por isso, compensa.

- de não ter o azul turquesa da Axissfix, mas como estamos a falar de uma questão de segurança e comodidade, se calhar tenho de calar este meu lado mais fútil de Esquadrão da Moda. :)



NOTA:
Podem ver neste vídeo a diferença da reacção do corpo da criança em caso de acidente, estando contra ou a favor da marcha. Estamos a falar da proporção do peso da cabeça totalmente diferente da de um adulto, estamos a falar de uma redução em 75% dos ferimentos e lesões em caso de embate, estamos a falar de uma escolha que pode fazer TODA A DIFERENÇA na vida e na saúde dos nossos miúdos. Há estudos da ACP - e recomendações da APSI - com números, explicações e resposta a algumas questões e mitos (nomeadamente a questão das pernas, que vão encolhidas).









Outros posts sobre cadeirinhas:




Podem ler também:


---------------------
---------------------
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

A Luísa tem um andador

Na altura da Isabel andei indecisa se lhe comprava ou não um andador. Ela não era muito de espreguiçadeira e às vezes queria tê-la entretida enquanto tinha de dar um jeitinho à casa, fazer o jantar ou tomar um banho. A pediatra disse que, como em quase tudo, usado com moderação não lhe faria mal, sempre com a casa preparada para tal, os cuidados devidos, e estando sempre de olho. Acabei por não comprar na altura. 

Desta vez, a Luísa tem um e adora! Não pretendo que aprenda a andar ali, longe disso. Encaro-o como uma voltinha no carrossel, uma forma de se divertir um bocadinho, enquanto faço um xixi, enquanto faço a cama ou enquanto lhe preparo o almoço (que, já agora, é feito de pedaços de comida cozinhados: brócolos, batata doce, cenoura... aderimos ao Baby Led Weaning, depois conto-vos melhor a experiência). Há dias em que faz parte da faxina comigo na mochila (Boba 4G ou Ergobaby), há bocadinhos em que fica no parque, há momentos na cadeira da papa, outros no tapete sentada, a rebolar e a arrastar-se - vamos variando ao máximo.

Ela gosta muito de dar saltinhos (este modelo, o Kamino, tem uma posição com molas) e meter a música a tocar e foi essencialmente isso que me seduziu. Gostei também do facto de ser possível retirar o assento, quando estiverem na fase dos primeiros passos, e de serem eles a andar e a empurrar o andador (tem umas pegas para isso). Achei-o estável, base sólida e larga e tem umas almofadas antiderrapantes e um redutor de velocidade, que trava quando se aproxima de escadas (que é o maior medo das mães quando pensam em andarilhos). De resto, os cuidados que tivemos a nível de segurança são os mesmos de quando começam a andar: ver tudo o que possa estar ao alcance deles, destralhar a casa, ver se há fichas e cabos no chão etc, etc.






Podem ler também:
Obrigada 2016, foste um bom ano
Este ano quero...


:::::::::::::::
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Na minha cadeirinha

Quando a minha mãe se começou a sentir pronta para as curvas, começou logo a levar-me a dar umas voltinhas no carro dela (ela diz "popó" e eu ainda estou a tentar perceber porquê...). Adoro andar de carro - nem que seja para ir só ali ao lado buscar a Isabel à creche - e bato quase sempre uma sorna, acho que também por ir super confortável na minha cadeirinha i-Size da BébéConfort



Ainda agora me sentaram aqui e eu já estou a bocejar...

Os meus pais escolheram a Pebble Plus por ter um excelente desempenho em termos de segurança e por estar de acordo com a nova legislação. Eles são um bocado cocós nisto da segurança na estrada e quiseram saber tudinho sobre esta cadeira-auto, quando eu ainda estava na barriga da gordinha. Ouvi tudo e explico-vos. Além de ter um redutor muito porreiro para eu ir deitadinha enquanto sou mais pequena, os topos laterais superiores são feitos com materiais XPTO (vá eu digo-vos, mesmo que não percebam patavina disto: tem viscoelástico) para absorver melhor o impacto da colisão.


Os meus pais são totós e não repararam que puseram as almofadinhas da zona dos ombros (as do cinto) ao contrário.
Tenho de lhes fazer um desenho?


Além disso, já os ouvi comentarem que gostam mais deste arnês, que facilita muito quando me colocam na cadeira: é um arnês easy-in (até já uso palavras em estrangeiro e tudo) e que se ajusta na parte detrás da cadeira.

A par destas novidades todas, eles apostaram também numa base 2wayfix, para terem um sistema de isofix seguro e mais prático do mundo.

Fiquei tão especialista nesta terminologia que acho que até estou pronta para ir ali operar uma nave espacial. Mas prefiro ir dormir uma sesta, que é o que dizem que eu só sei fazer, apesar de estarem redondamente enganados. Eles que se preparem.



Sigam-nos no instagram @aMaeequesabe
E a mim também;) @JoanaPaixaoBras