Mostrar mensagens com a etiqueta fotografias. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta fotografias. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 27 de abril de 2017

O pai e eu já estamos a poupar para uma operação de mudança de sexo.

Este é o Ursinho Hugo. Que, dado o recém interesse da Irene pela figura masculina (o Pai), tornou-se o primeiro boneco dela que tem nome de homem e ignorando completamente o facto de ser cor-de-rosa. Por acaso teve para ser Ursa Hugo, depois Ursa Beatriz, depois voltou ao Urso Hugo. Ela agora também já não é sempre a Skye, também já é o Chase. O pai e eu já estamos a poupar para uma operação de mudança de sexo (espero que do Urso, não dela, só por ser mais dispendiosa e já tenho demasiados gastos). Qual o motivo para eu estar a escrever Urso com maiúscula? Não sei. 

Uma das técnicas que mais uso para a pôr a fazer coisas sem discussões é dizendo que o "Urso Hugo" (ou qualquer que seja o boneco do momento) vai ajudar e fazer parte da tarefa. No caso de lavar os dentes, a Irene escolhe sempre qual é a escova que quer usar (mudamos muito de escovas, gosto muito destas). 

Ontem quis lavar com a azul porque é o Chase e o Chase como é azul, lava os dentes com a escova azul. O Ursinho Hugo esteve sempre a ver se estava tudo bem lavado e, no final, deu-lhe o copo para a mão para ela bochechar. 

Tenho de marcar a consulta no dentista asap. Não há nenhuma urgência, mas há quem defenda que se deve ir logo no primeiro dentinho e há que ache que só vale a pena ir agora, aos 3, para apresentação. 


Ursinho Hugo - Zara Home
Escovas de Dentes - Curaprox

...............

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

domingo, 23 de abril de 2017

Já sei porque é que dorme a noite toda!

Não!!! Não façam essa cara! Não sou como aquelas mães todas saudáveis e com uma pele óptima que dizem tranquilamente (sem terem a felicidade devida, porque não sabem o quanto custa viver) "o meu sempre dormiu a noite toda". Aliás, quem lê este blog antes de ser o "cagão" que é agora com tanta gente a ler (e que me deixa toda orgulhosa e envergonhada quando vêm ter comigo  - adoro, mas "não sei lidar", como diz uma colega minha de 20 anos) sabe perfeitamente que eu, das duas que escrevem, sou a que tem a cabecinha mais fritinha e que não ajudaram as noites sem dormir em condições.

Foi das coisas mais difíceis de sempre o "tentativa e erro" para ver o que se passava com ela para acordar desde "se calhar está muito _______" - inserir: quente, fria, esfomeada, cheia, estimulada, sozinha...

Fiz de tudo e mais alguma coisa, leiam aqui tudo o que já escrevi sobre sono no blog (quanto mais para trás, mais desesperado). A Constança ajudou-me imenso mas, no nosso caso, as coisas persistiram, mais calmas, claro (porque eu fiquei MUITO mais calma desde que fui à consulta com a Constança), mas factos são factos e o que é facto é que a minha filha ainda acordava de noite. 

Aí está: é normal eles acordarem de noite. Podem é re-adormecer sozinhos ou não. No caso da Irene, muitas vezes era não. Mudei o meu mindset, passei a aceitar este meu destino em vez de tentar mudá-lo (muito mais serena depois do toque da fada - credo, sempre que escrevo ou penso a palavra toque, o meu pipi contrai-se). 

E, de repente, o tempo passou mais rápido. As noites mal dormidas já não eram um peso enorme ou um motivo para ter pena de mim própria, mas passaram a ser parte da família. 

"De repente" passou a dormir a noite toda. O de repente está entre aspas porque ela tem 3 anos. Isto não é um "de repente". De repente é, por exemplo, a facilidade com que se põe aquilo para fazer uma endovaginal sem haver um jantar antes. Isto foi mais um: "não estava à espera". Não estava. 

Agora, nalgumas noites, dorme desde as 20h30/21 até às 6h30 e sinto-me abençoada. Não acordo muito mais descansada (não sei porquê, na volta até já estava a gostar de não dormir), mas acordo numa de "fase nova, fase melhor". 


Já sei porquê! Porque está pronta. Porque lhe faz sentido. Porque fez 3 anos e é por volta desta idade (leiam Brazelton, por exemplo - obrigada, Joaninha) que se dão imensas mudanças e que terminam outras e, por isso, de momento, o cérebro dela parece-me mais calminho - até à próxima, claro. Também tudo melhorou depois de a ter mudado de escola, verdade seja dita. 

Às vezes não somos nós que não os tapamos, que não escolhemos o pijama certo, que não sabemos qual é a temperatura do quarto, que não devíamos ter deixado que eles vissem aquele desenho animado que nos deixou dúvidas, que... às vezes são eles a crescer. Ajuda-me compreender como é que ela funciona. E agora já sei porque é que dorme a noite toda (de vez em quando) e porque é que dantes não dormia. 

Como andam vocês por aí? 

A Irene e a avó, minha mãe, hoje à tarde. 



Recomendo vivamente: 

Os Bebés também querem dormir - leiam aqui o que escrevi sobre ele. 

De tudo o que leiam na internet ou mesmo que esteja nas estantes, não deixem que o desespero vos tolde o coração. Se sentem que não é suposto e que vocês e os vossos filhos estão em sofrimento, não o façam. Amor é sempre a palavra certa. Por vocês, por eles... 


Vestido da Irene - Tuc-Tuc

...............

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Miúda, miúda

As fotografias ficam sempre aquém do que ela é. 
Da astúcia, da meiguice, da malandrice. 
Esta miúda é um furacão. 
Mesmo com mais tempo, às vezes apresso-me e apresso-a.
Tiques de muitos anos, que demoram a sair da pele. 
No outro dia disse-me "vá, estou atrasada para o parque!". 
Esponjas, esponjas. 
E não é bem isto que eu quero que ela absorva. 
Quero que saiba que temos tempo. Para o que interessa temos tempo.

Aprendeu a deitar a língua de fora, quando se zanga. A dizer "és má" e "és mau".
Mas também aprendeu a dizer que "a mana não é má" quando ela faz algum "disparate".
Ou "o Pipo não é mau", quando me zango com ele.
Tem um sentido de justiça qualquer, uma pureza que me fascina.
No outro dia eu disse "mau, Maria" e caiu o Carmo e a Trindade. "Não sou má, Maria". Até chorou. Claro que não, filha, nunca disse que eras má. És boa.
Há equívocos ainda, muitos.
Mas sei que lá no fundo sabe que a adoro e confia muito em mim.

Começou a falar em cocó e em xixi com risinhos parvos (a que eu acho imensa graça).
Começou a responder "nada" para se esquivar quando lhe pergunto "o que estás a fazer, filha?".
Começou a ter um sentido de posse mais apurado, agora com a irmã.
Mas também calha emprestar-lhe alguma coisa, perguntar à irmã se quer brincar com ela, ajudar a distraí-la no carro quando vai a chorar, dar-lhe a mão e fazê-la rir.

Amo-a. Com tudo o que ela é.
Com os choros (às vezes tenho a sensação de que chora muito, mas ainda bem que se expressa),
Com as birras.
E com o mau feitio.
Com os desafios, as patetices, o bicho carpinteiro, os "nãos" e os gritos.

Ela é tudo isso e é muito mais.
Isabel, meu amor.


As flores que ela plantou com o João.

Toda orgulhosa.
 
Depois, explicou-me que aquelas não se podiam apanhar, só as selvagens.

Levamos o selvagem muito à letra cá em casa, como podem ver pelas ervas que crescem em todo o lado eheh



Estas eram para a avó





Vestido - Boboli
Sandálias - Maria Pipoca

............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

domingo, 16 de abril de 2017

Somos muita feios todos.

Sim, sou uma babada em tudo o que à minha família diz respeito. Gosto de nos ver juntos, com roupas a combinar ou de pijamas desemparelhados e cheios de remelas num domingo de manhã. Por alguma razão - talvez vaidosice ou aquela mania romântica com que a Joana Gama goza - acabo por escolher para aqui as fotografias de que gosto mais. Mas quem me segue nos stories do instagram já me viu de pijama de urso polar, a lavar a louça ou numa tentativa de spa na banheira da casa de banho - claro que tive de me limpar a correr porque a Luísa acordou. A vida como ela é. Mas esta também é a nossa vida: mesmo que a posar para a lente. Somos nós. Mais arranjadinhos, mas nós. Juro que o facto do David também estar a combinar não foi propositado, mas delirei quando o vi assim. Pirosos. Amorosos. 

Feios, para uma ou outra e mais que venham. Somos muita feios todos. Ou será que queriam dizer FELIZES? <3


O tio Frederico a fazer macacadas para elas se rirem







Apesar da minha postura que não lembra ao Diabo - e como me disseram no instagram, vem aí a terceira (ahahah) - amo esta foto!


Sandálias - Maria Pipoca
Vestido Isabel - Boboli
Túnicas Luísa e Joana (já de colecções passadas) - Ivens

............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

sábado, 15 de abril de 2017

Perdi a cabeça!

Dentro das minhas possibilidades, calma. "Perder a cabeça" para alguém de um blog de outras lides é, provavelmente, encher o esfíncter de Furlas e de outras marcas que nem sei escrever (Luís Wu ton?). Neste caso foi mais uma "loucura de última hora". 

Foi um daqueles momentos em que o meu cérebro faz alguns barulhos como os modems antigos quando se ligavam à net. E, depois disso, depois de juntar um mais um e de ter adormecido pelo meio e, no final, ter dado dois, lá fui à Fnac rebentar 70 euros numa viola, não sabendo tocar. 

Foi uma crise de meia-meia idade - sempre quis aprender a tocar viola - mas também quis aproveitar o facto do Frederico ter andado numa escola de música. O rapaz acho que aprendeu a tocar um bocadinho de tudo (ahah apetece-me ser ordinária, mas não posso - Olá, mãe e sogra! :))) e é totó não aproveitar isso para a Irene. 






O Frederico passou uns bons dias a aprender músicas que já me dão vontade de me esganar (por as ter ouvido tanto quando tocavam na Mega Hits - trabalho lá há quase 10 anos), mas são das preferidas da Irene: Sias e Brunos Mars e afins. 

Está ali a viola e agora quando "nos" apetecer, podemos ir buscá-la e fingir que somos uma família musical, mas sem penteados a quem parece que gostaria de passar despercebido numa cavalaria. E sem, provavelmente, andarmos a mamar todos na boca uns dos outros "só para ver como é que é" uns 30 Natais. 



...............

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

terça-feira, 4 de abril de 2017

Ela aí vai!

Andava indecisa se seria melhor bicicleta com rodinhas, sem rodinhas, com pedais, sem pedais mas ainda bem que foi esta da Imaginarium que ela recebeu: evolutiva, sem rodinhas. Os pedais põe-se assim que ela ganhar equilíbrio em cima dela. Foi uma bela prenda dos três anos, sem dúvida. E com este bom tempo acho que a Isabel vai fica uma pro da bicicleta num instantinho. 
Dúvida: vale a pena apostar em capacete e outros acessórios que tais?


















Bicicleta - Imaginarium
Sapatos - Moc Moc
Camisa - Zippy
Calças - C&A
Coroa - não faço a mínima ideia ;)

............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

O nosso novo casaco preferido.












Coisinhas que possam ter achado giras: 

Casaco, jardineiras e camisola - Zara

Ténis - Vans
...............

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

O nosso fim-de-semana em imagens

O fim-de-semana é a minha parte preferida da semana. (Vamos fingir que esta frase não parece ter sido escrita por um miúdo no primeiro ano.) É quando podemos ser família, estarmos, abraçarmos, sem olhar para o relógio ou ter uma pálpebra nervosinha só porque eles se demoram mais a vestir. Há tempo para tudo.
Neste conseguimos encaixar compras de supermercado, algumas arrumações básicas, refeições e banhos com coisas que gostamos muito de fazer: comer, basicamente. Mas não só.
O nosso fim-de-semana em imagens. Sim, está no título e o post podia começar aqui agora. Escusam de ler para trás. Já leram? Que perca de tempo. Perda, eu sei, era só para ver se estavam atentas.

Isabel pela verdura. Vai formosa e não segura.



Adoro esta camisa da Zara. E os sapatos são Moc Moc

Fomos comer um gelado de cheesecake de lima. E um croissant. E uma torrada.
Os gelados artesanais da Pascoalini são divinais

Fomos à feira Mamãs, Bebés & Companhia




Fomos almoçar ao Terraza by Digusto








Além disso, andou de bicicleta, ajudou o pai a fazer o jantar, contámos uma história, fizemos plasticinas, brincámos com Legos, ajudou a estender a roupa, andaram de baloiço, a Luísa dançou, vimos dois episódios de uma série nova da Netflix, "Por Treze Razões"... é irem seguindo as stories do meu instagram e o dito, que vou lá mostrando mais coisinhas.



 ............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

domingo, 2 de abril de 2017

8 importantes requisitos para uma tarde perfeita.

Não me recordo de ter feito muitos piqueniques, mas assim que surgiu o convite, mesmo estando eu algo debilitada (estava com umas dores de barriga que... deitariam qualquer homem abaixo durante anos hehe) não poderia recusar. Ainda para mais em tão boa companhia (adoro-vos! :))

Quem me convidou já tem o traquejo de piqueniques e campismos e afins. Apesar de não ser algo muito difícil de conceber, tem alguma ciência, pelo menos para chegar ao nível de perfeição deste nosso piquenique há uns fins-de-semana. 

1- Tempo e tempo. 

Convém estar mesmo bom tempo. Não vale a pena arrancar quando está um vento enorme e estar em negação. E também não vale a pena ir com o "tempo contado". Um piquenique é para se estar, não é para se ir e voltar. 


2 - Mantas ou toalhas grandes

A ideia aqui é podermos estar como quisermos: sentados ou deitados. E será sempre melhor que, quando nos deitarmos, não termos medo que nos entre meio grilo pelo esfíncter acima ou abaixo. As mantas ou toalhas podem ajudar.


3 - Profilaxia

Não sermos donos de grandes certezas e, da mesma maneira que levamos um bikini (sabe-se lá, pode-nos apetecer), levarmos também um quispo. Que nada nos impeça de fazer o que nos apeteça. 




4 - Alguém que toque viola. 

Eu sei tocar viola tão bem quanto sei fazer chanfana. Haver quem toque viola num piquenique e algo mais que "Dunas" é fabuloso. E se houver alguém que cante? Melhor ainda.

5 - Quem brinque. 

Importante levar adultos que gostem de brincar e crianças para ser muito divertido para eles também. Só quem gosta de piqueniques deve ir a piqueniques.





6 - Comes e bebes.

Ok, parte da piada está no petisco. Tudo se partilha com toda a gente.





7 - Levar medicamentos.

Não no geral e aleatoriamente, mas eu levo sempre a mochila da Irene com ben-u-ron e com o medicamento para parar convulsões mais longas. Ajuda a mala ser gira. 




8 - Pessoas que consideremos família. 

Só assim funciona. Só se consegue o melhor, rodeados do melhor. :)



Coisinhas que possam ter achado giras: 

Camisola da Irene - C&A 

Chapéu da Patrulha Pata - Jumbo.

Mochila da Irene da Herschel - Agu Agu



Fomos à Lagoa de Albufeira. :)


...............

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.