Mostrar mensagens com a etiqueta menina. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta menina. Mostrar todas as mensagens

segunda-feira, 31 de julho de 2017

As meninas das alianças

A Isabel e a Luísa foram meninas das alianças, com a Matilde, do casamento da Raquel e do André.
Não é que tenha corrido propriamente bem, já que a Luísa, a meio do percurso, sentou-se no chão (ahah) mas com crianças ninguém leva a mal e todos soltaram algumas gargalhadas. 
Foi giro assim! :) 
Em princípio a Luísa não seria menina das alianças, porque não sabíamos se já andaria nesta altura, mas há umas semanas decidimos arriscar (começou a andar com 1 ano e 10 dias e agora já é uma coisa mais consistente). 
Não tenho nenhuma fotografia do momento, já que estava lá à frente a chamar por elas, mas tenho do ANTES, enquanto esperávamos pela noiva. 
Foi bonito.

Mandámos fazer os vestidos na Amor comlaço e ficaram perfeitos. 
Para completar o look umas alpercatas e um laço. 
Ah! E uns cestinhos com uvas que elas levaram (e que a Luísa foi comendo pelo caminho ahah). 
Estavam lindas!
(e a Isabel ficou caída de amores pela noiva, só queria estar perto dela).




















[Quando tiver as fotos finais, mostro outra vez, mas não aguentei].


Vestidos Amor comlaço
Laços mmi
Alpercatas Paez (já não fazem números pequenos snif) e Zippy (Luísa)
Sapatos Isabel (trocou depois da missa) Hierbabuena


Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Ser mãe de meninas é...

- é ter a delicadeza e a meiguice de mãos dadas à rabugice e ao espírito indomável

- é pôr no cabelo um gancho (ou dois ou quantos quiserem), nas unhas verniz e (tentar) meter no coração bondade e na cabeça espírito crítico

- é conviver com purpurinas e castelos e microfones mas não deixar que apenas isso seja opção

- é prepará-las para saberem viver bem com os seus corpos e (tentar) que não tenham problemas de auto-estima

- é dar-lhes armas para serem independentes, fortes, destemidas e acreditarem que podem ser até astronautas se quiserem

- é querer protegê-las de tudo mas desejar que se saibam proteger e lutar pelos seus direitos

- é dizer-lhes o quão esforçadas e inteligentes são em vez de lhes dizer que são princesas, bonitas e bem comportadas

- é ensiná-las a desejar o melhor às outras mulheres, a apoiá-las, a estar lá para elas, em vez de serem as primeiras a criticá-las e a deitá-las abaixo

- é desejar que o mundo seja delas e que serão livres para ser mães, se quiserem, casar, se quiserem, trabalhar no que quiserem, namorar com quem quiserem, sem pressões da sociedade (e muito menos minhas) desde que o façam com muito amor

- é maquilhar-me à frente delas, emprestar-lhes a maquilhagem, deixá-las andar nos meus saltos altos, mas mostrar-lhes que me sinto bem de cara lavada e com jeans rotos e chinelos e que, se nos sentirmos confiantes na nossa pele, o resto não é importante

- é mostrar-lhes que é possível sermos sensíveis e sermos corajosas, que podemos chorar mas que dentro de nós haverá força para limpar as lágrimas e ir à luta


SER MÃE era o meu SONHO. 
Aconteceu ser mãe de meninas. 
Adoro (adoraria ser de meninos também, tenho a certeza). 
Adoro ser Mãe, ponto. 

E, pensando bem, se fosse mãe de menino talvez lhe desejasse exactamente o mesmo, talvez agisse de forma semelhante. Talvez não lhe comprasse tutus cor-de-rosa por minha espontânea vontade, mas caso ele o desejasse compraria, sem hesitar. De resto, educá-lo-ia com os mesmos valores, com o mesmo cuidado, com o mesmo rigor. Educá-lo-ia a defender as mulheres, a amá-las e a respeitá-las.



















Sapatos Hierbabuena
 Tutus e camisolas personalizadas Kutchies
Fotografia
Tila do Amaral
Horto do Campo Grande

 
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade. 

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Oito meses de Luísa

Hoje a Luísa faz oito meses! Yey! São oito meses de muito namoro, muita conversa, muito colo e muitos sorrisos. 

Há quem me pergunte "mas ela está sempre a sorrir?". 
Epa, está. 

Tendo todas as necessidades correspondidas (e são fáceis de perceber e satisfazer), barriguinha cheia, maminha à vontade, soninhos (micro sonos) em ordem, rabo limpo, a miúda está feliz. 

Dêem-lhe chão para se arrastar (quase, quase a gatinhar, já se põe em posição e anda naquela fase em que fica a balouçar o rabo para a frente e para trás), dêem-lhe um ou dois brinquedos (ou comandos ou chaves) que ali se fica, toda contente, a explorar. Não gosta é de ficar sozinha, tem de ter sempre alguém por perto, na mesma divisão. Nem sempre assim será, claro, mas, por enquanto, é o que basta para andar bem.

Mais por mim do que por ela até, fomos só tentar melhorar a sesta maior (depois de almoço) com a Constança Cordeiro Ferreira no Centro do Bebé e melhorar as noites: andava a acordar muitas vezes depois das 2h da manhã até às 7h, desde que lhe introduzimos a alimentação complementar e desde que começou a tentar gatinhar. Depressa começámos a ver resultados, mas não quero mandar já os foguetes. Logo vos contarei tudo!

Agora fiquem com fotografias da carneirinha mais fofa desta casa, com roupinha encantadora da La Petite Boutique.



Esta mãozinha... e este puzzle <3














Tapa fraldas e camisola - La Petite Boutique
 
............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

domingo, 29 de janeiro de 2017

Não aguento vê-la assim!

Andei a pensar se lhe deixava crescer a franja, mas percebi que fica bem melhor com (enquanto não se queixar, ficará). Depois pensei em cortar-lhe o cabelo bem curtinho, à Beatriz Costa (adorei vê-la quando fez dois anos) mas fiquei com pena de ter de deixar de lhe fazer trancinhas e apanhados e lá deixei crescer. Ela pede tranças como a Elsa, a Ana e como a Maria do livro "Não quero ir dormir" e eu acho que fica um amor.  

Não aguento vê-la assim! (este "não aguento" foi à Belinha (da TVI), que calha em ser homónima da minha filha).

Se a isso juntarmos este vestido vintage da La Petite Boutique, ai senhores, que me perco de amoooor!

Se eu tivesse convidado a Joana Gama a legendar isto, bem sei que viria aqui uma piada que envolveria cavalos e betalhada

Já conta as histórias à irmã (a sementinha dos livros está lá!)










A explorar o livro da irmã

Capa da Maxmen 2037 ahah

Agora sim, a minha miúda rebelde acordou
Olhinhos que me dão vida








Em breve mostro-vos a roupa da Luísa, que vai ficar de certeza um carneirinho apetitoso.


Collants - Boboli
Sapatos - Trutué Kids
 
............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.