Mostrar mensagens com a etiqueta natal. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta natal. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

As melhores prendas de Natal para eles!

Olá a todos e todas que estão a ler este post na esperança de encontrarem por aqui boas sugestões para as prendas de Natal :).  Aqui está um resumo para quem esteja mais apressado e não queira saber o porquê de cada recomendação. Sabemos que têm o jantar para preparar, a Stranger Things para acabar de ver e, por isso, não vamos tomar-vos muito tempo. 

Sabem o melhor disto tudo? 

Despacham-nas a todas na FNAC ou, até mesmo através do site fnac.pt (zinga e, de repente, Natal para os miúdos todos da família tratado - de nada, gente, de nada).



São sugestões da Joana Gama (à esquerda) e da Joana Paixão Brás (à direita, como já conseguiriam prever...) 

Vá, está aqui o resumo, passem aos sogros para irem adiantando (eheh):





O Monstro das Cores


Há mães que têm sempre imenso prazer em comprar roupa para as miúdas. Eu vou mais para os livros. Procuro sempre livros que, além de divertirem a Irene, ensinem alguma coisa e, cereja no topo do bolo, que ajudem-me a explicar-lhe as emoções e como lidar com elas. Este livro "O Monstro das Cores" é tão, mas tão engraçado. É simples, ela percebe (tem 3 anos) e os cenários criados em pop up, além de serem resistentes qb para serem eles a manusear, permitem mesmo que se crie o mundo de cada emoção. Um dos nossos preferidos do momento.





Giotto Canetas de Feltro Laváveis
Não sei dos vossos filhos, mas cá em casa uma das actividades mais pedidas é desenhar e pintar. No dia em que fui ao teatro com a Isabel, foi o que safou o David: a Luísa adora, adora pintar e pintar-se e assim ocupou uma hora. Estas canetas de feltro são mais pequenas e fáceis de usar, não são tóxicas (a minha gosta de degustá-las às vezes e é uma segurança), são fáceis de lavar da pele e da roupa e - importante - têm uma tampa anti-asfixia. Perfeitas.




Robot DOC Clementoni


Apesar de ultimamente não nos versarmos muito na vertente tecnológica da vida (quer dizer, a Irene, que eu tenho um problema com o meu telemóvel), quero adicionar tecnologia relevante - a que ensine algo e que, já agora, dê para brincarmos juntas. O DOC (o robotzinho que a deixou enternurecida) tem vários níveis e vai evoluindo consoante a capacidade de quem esteja a jogar. A Irene ainda só tem três anos mas já sabe pô-lo a andar de um lado para o outro e não necessariamente no tapete do jogo (eheh), depois vamos evoluir para os números e para as letras... Já sabe programar o robot e daí a pôr a máquina da roupa a lavar vai ser um instantinho. 


Fur Real Friends Pax
Não sou muito de oferecer bonecos ou peluches mas este... este é diferente. Além de fofo, ladrar, sentar e comer biscoitos, o Pax FAZ COCÓ! Sempre quis um boneco que fizesse cocó e o mais parecido com isso que tive foram pegamonstros. Alguém se lembra? Aiiiiiii (suspiro de saudosismo) quando sujávamos tectos e paredes lá de casa e isso era cool...






Guitarra Stagg

Comprei uma guitarra (igual a esta) para o Pai da Irene porque ele estudou numa escola de música e achei que iria criar momentos lindos entre ele e a miúda - tinha razão. Agora está em casa dele e de certeza que aproveitam. Melhor prenda - o pai a tocar guitarra (ou alguém da família no Natal assim que desembrulharem a guitarra, imaginem o cenário mágico). Agora, esta descoberta não foi minha, mas dos avós da Irene: há guitarras iguais para os mais pequeninos e às cores. Os avós da Irene ofereceram-lhe uma azul bebé e, tanto quanto sei, tocam os dois de vez em quando. Uma prenda para todos. Das melhores de sempre, aquelas que tocam no coração e que duram e duram.


Glupi Musical Goula

Música, música e mais música. É sempre uma boa escolha. Este peixinho com uma pega dá para transportar para todo o lado, tem xilofone, reco-reco e um prato. A baqueta também funciona na hora de ajustar contas entre irmãs, mas é a vida, elas que resolvam o assunto.




O Urso e o Piano


Ainda dentro da lógica dos livros, este O Urso e do Piano deixou-me apaixonada pelas ilustrações. Comprei-o imediatamente por causa disso, confesso. E, depois, com calma, em casa li a história um pouco a medo se iria ser uma história que a Irene fosse compreender e que se alinhasse com aquilo que quero que ela leia. E sabem que mais? Per-fei-to! A história além de ser mesmo muito muito amorosa, fala da amizade e amor, integridade e família. Vai acompanhar-nos durante muitos anos. 




Mosaico Goula


Apaixonei-me por este mosaico de madeira. Além das ilustrações serem muito giras, aprendem as cores e dão aso à imaginação, já que vem uma tableta em preto para desenharem com os pins o que desejarem. Óptimo para a coordenação olho/mão e para puxar pela criatividade. 



Figuras PJMasks

A Irene agora anda com esta febre dos PJMasks. Nunca vi estes desenhos animados mas do que tenho vindo a aferir são mini super-heróis que, durante a noite, salvam o mundo. Há que tempos que me anda a falar da corujinha e, por isso, integrará algures as prendas de  Natal, ainda para mais porque ela brinca imenso com figurinhas, fazendo os diálogos alterado as vozes, fazendo-os voar e, depois, achando ela que é uma das figurinhas quando as tem na mão e anda a correr pela casa toda a dizer que está a usar a "velocidade gato". 


Puzzle Gatinhos
É uma das minhas marcas preferidas de brinquedos e este de madeira é não só muito bonito como excelente para a Luísa associar cores e construir personagens: o índio, a bailarina, a médica. São 6 gatinhos, com 3 peças cada, para começar a estimular o gosto dela por puzzles.


Plasticina Dentista Engraçado

Uma das maiores paixões da Irene. A plasticina, no geral, é uma das melhores brincadeiras porque ajuda na motricidade, na imaginação... tudo! Às vezes sugiro eu a plasticina por me apetecer também brincar, confesso. Agora, esta do dentista é algo que a Irene me tem andado a suplicar para o Natal. Ela sabe que tem de ir à dentista em breve e isso despertou-lhe interesse pelo tema. Andar a brincar os dentistas também vai fazer com que vá com outra abertura para a consulta. Assim explico-lhe o cenário. 



Sigam-nos no instagram também :) 
a Mãe é que sabe Instagram

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

É muito cedo para escolher os vestidos para o Natal? (não sejam sinceras ahah)

Vá, eu calculo que seja muito cedo para pensar em Natal para o comum dos mortais, mas eu fiquei toda contentinha quando estava um briol ontem de manhã e pude calçar umas botas. Sim, sou meia descompensada, adoro o verão e estou a adorar estes fins de tarde maravilhosos no parque e descalças na rua a regar as plantas, mas também gosto de quando começa a refrescar e já precisamos de uma mantinha nos pés. Já comecei a pensar no Natal, o que é que querem? É a minha altura preferida do ano, só ultrapassada pelas férias de verão, mas não com muita vantagem. Só ainda não fui ajudar a minha avó a fazer as azevias porque, com tanta antecedência, chegaria à ceia com mais 20 kgs. Eu, não ela.

Já andei a espreitar as colecções e fiz uma selecção dos vestidos que achei mais giros para o Natal na Kolor Kids, um site que agrupa logo umas quantas marcas, mais "pipis" ou mais descontraídas, para todos os gostos.

Este ano estou mais virada para os azuis (no ano passado escolhi bordeaux) e, dos que vi, apaixonei-me logo pelo primeiro da primeira fila e pelo primeiro da terceira fila. Se bem que os de veludo também são lindíssimos, com aquele padrão toile de jouy ou lá como se chama (em 3 anos de golas e folharecos, uma pessoa vai aprendendo umas coisas). Mas sou capaz de pender mais para o azul escuro com o vermelho... com umas merceditas da Hierbabuena e uns laçarotes da Lemon Hair Lovers e fica o conjunto feito. Meias azuis ou vermelhas? Azuis? Uhmmm... Dilemas de primeiro mundo. :)


De qual/quais gostam mais?


Vestidos -  Kolor Kids 

 
Sigam-me também aqui: 

a Mãe é que sabe Instagram

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

As Prendas de Natal da Irene (#02)

Esta teve mesmo que ser. Estava à espera de ter um debaixo da árvore, mas por circunstâncias várias não chegou a acontecer. E, então, dia 26, quando fui ao ginásio de manhã, aproveitei para dar um salto ao centro comercial e não resisti: comprei-lhe a malinha de médico da Imaginarium. 

Surpreendentemente, apesar de algumas más experiências com médicos (na óptima da Irene, claro), ela continua muito interessada por tudo o que tenha que ver com esse mudo. Ajuda imenso na altura de lhe dar medicamentos. É ela quem dá comprimidos ao pai, quando ele precisa e me lembra de tomar "a vitamina" de manhã. Tenho de a pôr a lembrar-me de tomar a pílula - não me posso esquecer. Já me esqueci. Que chatice. 

O estetoscópio era a única prenda que a Irene tinha pedido no Natal e eu tinha-lhe prometido. Além disso ainda recebeu um penso, uma seringa (espero que ajude depois nas vacinas), caixas de comprimidos, termómetro, instrumento para ver os canais auditivos e umas quantas mais coisas (tudo para criança, não lhe dei isto a sério haha). Já tenho máscara de Carnaval, a juntar à bata deste post

Apresento-vos (novamente) a Dra. Necas! 









:::::::::::::::

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Os putos estão a dormir? Ainda não fizeram tudo na sanita? Então leiam mais isto: 


- Não quero que a minha filha seja médica

- "Mais um jogo, mãe!"

- Que doçura 

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

As Prendas de Natal da Irene (#01)

Asas de borboleta da Claire's, plasticina Giotto, estufa de melancias da Science4you e vegetais para cortar da Vertbaudet. 

Adorava poder dizer-vos que o Natal é bonito por causa da reunião familiar e que nada mais importa mas, para mim, o ponto alto foi ver a Irene histérica com os presentes. Ela - além de ser criança e de praticamente todas serem muito expressivas (uma há de ter sido o meu marido que não é a pessoa mais expressiva de sempre a nível facial) - é muito muito teatral e acaba por ser um espectáculo muito giro de se ver. 

No dia a dia vou explorando com ela as coisas de que ela mais gosta. No outro dia, chamei-lhe fada Irene e ela ficou deliciada e, por isso, as asas de borboleta ou de fada vieram mesmo a calhar - além dela ficar uma ternura, claro. 

Plasticina é uma prenda que nunca falha, apesar de parecer que eles têm sempre os piores timings para irem brincar com ela - imediatamente antes de irem dormir, depois de termos limpo as mesas, etc. 

A fruta preferida da Irene é a melancia. Como optámos recentemente por comer frequentemente biológico, não há melancia há alguns meses. Ver a fruta crescer pareceu-me uma tarefa muito gira e foi. Plantamos as melancias juntas mas esqueci-me que poderia ser doloroso para ela esperar alguns meses para que dessem sinal de vida (ou até, se calhar, nem darem de todo). A verdade é que temos um alarme que apita todos os dias às 6h da tarde (perto da hora de chegada a casa) para irmos verificar juntas a estufa das melancias para averiguar se a terra está húmida o suficiente e é uma tarefa gira da mãe e da filha. Quando - e se - nascerem melancias, vai ser melhor ainda. 

Por último, a preferida da Irene deste grupo: uns vegetais de madeira que dão para cortar (estão unidos por velcro e vêm com uma faca de madeira) da Vertbaudet. Ainda por cima ela já tinha visto isto no youtube e já tinha ficado louca. Apesar de cortar vegetais também ser uma das tarefas que ela mais gosta recentemente (ainda não ganhei coragem). Fico duplamente contente até porque está a cortar coisinhas saudáveis e a aumentar o interesse dela por fruta e vegetais - acho eu. 

Ficam como ideias para prendas de aniversário ou algo do género? ;)

:::::::::::::::

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Já vomito de tanta betalhada...

Já vos contei como foi o dia 24 aqui. No dia 25 fomos à casa da minha mãe, do João e do tio Pedro. Havia milhares de prendas para a Irene e ela deixou bem claro que as preferidas foram um estojo de maquilhagem (até porque me tinha pedido para a pintar quando saímos de casa) e uma caixa gigante de Lego (era só a caixa vazia - brincadeira). 

Abetalhei-a toda (a minha mãe gosta de coisas pipis) e tínhamos as duas roupas a combinar e lá fomos. Só quando fui gozada por uma leitora no instagram a dizer qualquer coisa como "ai que bem... nunca pensei" é que reparei na betalhada inerente. Até a própria Joana disse que nem a Isabel estava assim. Pronto. Aí quis ter um revólver à mão e rebentar com a mioleira porque até dentro de casa a mulher põe uma touca à bebé (pff, how beta can you go!).  Quando põem toucas às bebés, penso sempre que terão uma doença qualquer contagiosa. Parecem hospedeiras pequeninas. Depois admira-se que a Isabel tenha começado a falar mais tarde que a Irene, não conseguia ouvir nada com tanta touca, tanta mantinha para a cabeça... (vamos ignorar que a Irene ainda hoje precisa de ajuda para subir escadas, Joana, vá!). 

Bom. Se calhar já não posso dizer estas coisas. Abetalhei mais do que a Joana. É certo que ia passar o 25 a Oeiras, mas não precisava de exagerar. Vá lá que a miúda a meio do Natal tirou as carneiras e equilibrou um pouco as coisas. 

Se não fosse o meu ar evidente de quem nasceu na Damaia de Baixo em 1986, vocês poderiam pensar que este era um post da outra Joana. Ai não, esperem, deixem-me só escrever qualquer coisa amorosa e lamechas e com adjectivos caros (gente que vai para escolas finas é assim): 

A minha filha. Tão pequena e tão minha. Gigante no meu coração, pequena no universo. Que grandes aventuras te reservará este planeta, minha princesa flor. Te guardarei sempre junto ao meu peito onde o meu calor te apoiará nesta caminhada que é a vida, que é o sol do amor de flores e terrinas de Vista Alegre. Inexoravelmente (faltava o adjectivo). Tu. E eu. Santarém é vida. 

Joana Gama, resolvi vir aqui só dizer-te que inexoravelmente é um advérbio de modo. Não tens de agradecer. E sim, fizeste-me rir. Muito. Parvalhona. JPB










Coisinhas que podem ter achado giras:
Camisola ou túnica (vi no post da Joana que talvez fosse isso): Laçarote - Sweet Collection

Gancho (Joana, queres ajudar aqui? Se calhar depois de leres isto não queres haha) 

Ajudo, sim, mesmo que não mereças. 
Laço - Mademoiselle's Bow
:::::::::::::::

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este

Os putos estão a dormir? Ainda não fizeram tudo na sanita? Então leiam mais isto: 

- "O nosso Natal é com pais separados juntos" - o Natal da Joana Paixão Brás



segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

O nosso Natal é com pais separados juntos

Tenho um enorme orgulho nos meus pais. Nos meus tios. Na minha família. O nosso Natal é com pais separados. Os meus pais juntam-se sempre por estas alturas (tios idem), mesmo que separados, por saberem o quão importante isso é para nós. Para os filhos, para os netos. Para todos. Descomplicar. Amar. Simples assim...
{obrigada}



Foi o avô quem lhe cortou a franja e eu tive arritmias ;)



Nenhuma criança ficou magoada no decorrer desta sessão :)













A avó Rosel a dar-lhe arroz doce como se fosse sopa (fechei os olhos para não ter um colapso)

A rir a sério porque a minha mãe estava a fazer-se de emplastro







Coisinhas que podem ter achado giras:
Túnica e fofo miúdas giras - Laçarote - Sweet Collection
Merceditas Victoria -  Pegada Doce

:::::::::::::::
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.