terça-feira, 10 de novembro de 2015

O que mudou em nós?




Num ano, o que é que mudou? Tudo e nada. O que nos levou a criar o blogue mantém-se. O prazer de escrever, de partilhar, de comover através das palavras, de fazer rir é enorme. Sem fugirmos à nossa essência. Parvas. Lamechas. Dedicadas. Mães. Parvas, outra vez. Não nos levamos muito a sério e às vezes levamo-nos demasiado a sério. Como na vida. Há dias sim e dias não. 

Num ano, muitas coisas aconteceram:

- a Joana Paixão Brás deixou de ser incontinente.
- a Joana Paixão Brás perdeu peso e passou a sentir-se melhor com o seu corpo.
- a Joana Gama aprendeu a relaxar mais.
- a Joana Paixão Brás aprendeu a ser mais organizada (e ainda continua a tentar...).
- a Joana Gama cortou-se à festa de anos das Is por uma alegada varicela que não existiu.
- a Joana Paixão Brás passou uma semana com a Isabel internada com pneumonia.
- a Joana Gama decorou a casa para o Natal com dois meses de antecedência.
- a Joana Paixão Brás lamentou as saudades da filha.
- a Joana Gama chegou ao quarto da Necas e viu cocó por todo o lado (e até nas paredes).
- a Joana Paixão Brás ganhou coragem e falou do sexo no pós-parto, de mamas descaídas e de período.
- a Joana Paixão Brás defendeu os beijos nos lábios dos filhos e a Joana Gama ia vomitando.
- e por aí fora...

As nossas filhas começaram a falar, a andar, nadaram pela primeira vez, comeram sozinhas, cantaram, dançaram, deram os primeiros abraços, fizeram as primeiras birras, cresceram e, esperamos, apaixonaram-se mais e mais pelas mães delas. E pelos pais. Num ano, muito aconteceu. Venham os próximos, convosco desse lado!


Fotografias Love Lab

3 comentários:

  1. Elas cresceram, vocês cresceram e nós crescemos :) qndo li o vosso blog pela primeira vez (o post dos saquinhos de chá) adorei. Andava a tentar engravidar há 2 anos e fui-me apaixonando pelo blog ao ponto de todos os dias vir aqui. Agr estou grávida e vou vendo os vossos conselhos e das outras mães px "a mãe é que sabe" e aprendemos umas com as outras.
    Muitos parabéns por este cantinho e estamos aqui para mais :) beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Quando descobri o vosso blog pensei: "Ena gajas normais que são mães, como eu!" Com franqueza, apetecia-me ler alguma coisa que se parecesse com crónicas de um dia normal para mim. Já estava a ficar um bocado aflita com os blogues de mães perfeitas que vivem, ou parecem viver, apenas para os filhos, ou aquelas que lideram famílias perfeitas, que passam dias e férias perfeitas sempre vestidos com fofos e vestidos de laços e folhos, impecavelmente vestidos e penteados...
    Também gosto de ler esses, assim como quem vê um filme de fantasia mas depois identifico-me mesmo é com gente mais ... vá parva (vocês é que dizem), como eu.

    ResponderEliminar
  3. Parabéns!
    Adoro a duas!
    Bjs

    ResponderEliminar